Despedida

31/07/2015

Depois de oito meses no comando do Oitavo Distrito Naval (região com a maior concentração de barcos de lazer do país), que engloba São Paulo e parte do sudoeste mineiro, o Vice-Almirante Lima Filho, deixa esta unidade da Marinha para assumir nova função. Experiente no setor náutico de lazer, o Vice-Almirante Lima Filho já comandou duas capitanias, em Alagoas e no Rio de Janeiro.  Na despedida, comodoros  e diretores dos iates clubes de São Paulo homenagearam o Vice-Almirante Lima Filho com um quadro do Farol da Ponta do Boi, um dos mais importantes de São Paulo, na Costa Sul de Ilhabela.

Abaixo, na primeira foto, da esquerda para direita, José Yunes, comodoro do YCI, Júlio Cardoso, diretor do meio ambiente de Ilhabela, Carlos Brancante, presidente da SOAMAR, Mauro Dotorri, velejador, e Sergio Canestrelli, vice-comodoro do YCI, entregam o presente para o vice-almirante Lima Filho. Na segunda imagem, Ernani Paciornik, presidente do Grupo NÁUTICA, com o vice-almirante Lima Filho e sua esposa Valéria.

 

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial