Empresa aposta em casas flutuantes e quer criar ‘houseyachts’ modernas e ecológicas

A Reina Boats acredita no potencial das embarcações e traz projeto de linha reinventada para o século 21

21/08/2023
Fotos: Reina Boats / Divulgação

As casas flutuantes (ou casas-barco) estão em alta no universo náutico, tanto em invenções futurísticas quanto em adaptações de quem decide morar sobre as águas. A Reina Boats, empresa fabricante de barcos da Flórida, percebeu esse potencial, mas acredita que as embarcações precisam de um “toque de século 21”.

Isso porque as casas flutuantes nos EUA já tiveram seu ápice no passado, e as pessoas realmente as usavam como residência. Com o passar dos anos, contudo, o modelo foi perdendo força e seu design ficou estagnado.

Nascem, então, as “houseyachts”

A Reina Boats criou uma linha completa de “houseyachts”, a partir de uma ideia que surgiu durante a pandemia, quando os fundadores da marca, Hayri Dayi e Emin Günal, perceberam a necessidade de algo que fosse espaçoso e elegante o suficiente para se viver e que não tivesse a aparência ultrapassada das casas flutuantes de antigamente.

As casas flutuantes existentes ficaram presas no projeto da década de 1980 e quase 90% delas eram embarcações alugadas comercialmente. Eram barcos que proprietários de iates e catamarãs nunca considerariam comprar. — Günal, um dos fundadores da Reina Boats.

A linha Reina inclui cinco modelos, desde uma casa compacta até um condomínio flutuante de dois andares. Cada modelo possui tecnologia inteligente, eletrodomésticos modernos e atende aos padrões da Guarda Costeira dos EUA, para que possam flutuar desde lagos até o mar aberto.

ReinaMini T4

Para os que não precisam de muito espaço, o Reina Mini T4 é o modelo ideal. Descrita como uma “casa de luxo flutuante compacta”, a embarcação tem pisos de madeira, área de deck, banheiro privativo, sala de estar e cozinha completa em 24 pés de embarcação.

Reina Live L44DR

Já para quem busca algo maior e mais luxuoso, o Reina Live L44DR é a melhor opção. O maior modelo de “houseyacht” da marca tem dois andares, dois quartos (o principal com espaço para cinco pessoas) um banheiro, cozinha e eletrodomésticos de última geração.

Interior da Reina Live L44DR

As casas flutuantes são descritas como ecológicas e eficientes em termos de combustível, com motores classificados como emissões ultrabaixas do CARB (California Air Resources Board). Elas também podem ser equipadas com baterias no lugar de geradores, visando maior valor ecológico.


A Reina Boats planeja lançar sua linha de “houseyachts” na Turquia, com o primeiro modelo a ser apresentado no International Boat Show de Fort Lauderdale. Os preços ainda não foram divulgados, mas espera-se que sejam mais acessíveis do que iates tradicionais.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina