Estados Unidos concedem US$ 20 milhões em doações a 31 pequenos estaleiros

Por: Redação -
27/04/2021

O MARAD (Departamento de Administração Marítima dos Transportes dos Estados Unidos) está liberando quase US$ 20 milhões em doações para 31 pequenos estaleiros em 15 estados.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O Small Shipyard Grant Program ajuda pequenos estaleiros a se modernizar, aumentar a produtividade e criar empregos locais enquanto compete no mercado global, de acordo com um comunicado à imprensa do departamento e reportagens locais. Os subsídios podem ser usados ​​para comprar equipamentos, treinar funcionários ou comprar equipamentos de manufatura feitos nos Estados Unidos, o que dá suporte a uma ampla gama de empregos em toda a base de manufatura dos Estados Unidos, de acordo com o MARAD.

Leia também

» Titanic é registrado pela 1ª vez em 4K com uso de câmeras especiais. Veja como ele está

» Visita inusitada: vídeo mostra leão-marinho roubando peixes em lancha

» Já há peixes! Vídeo do Rio Pinheiros aumenta expectativas de despoluição

“As pequenas empresas são a espinha dorsal da economia americana e os pequenos estaleiros desempenham um papel crítico na indústria marítima da América”, disse o secretário de Transportes dos Estados Unidos, Pete Buttigieg, em um comunicado. “Essas doações vão diretamente para pequenos estaleiros em todo o país e ajudarão a proteger e criar empregos locais, fortalecer a indústria marítima da América e aumentar nossa segurança econômica”.

Os pequenos estaleiros geralmente são empresas familiares que empregam milhares de americanos, nos quais pequenos investimentos podem fazer grandes diferenças. Os projetos financiados vão desde a compra de equipamentos, como guindastes e soldadores, até expansões de edifícios e novas instalações de doca seca.

“Esses subsídios ajudarão as pequenas empresas a fazer o que fazem de melhor: construir infraestrutura essencial e, ao mesmo tempo, criar empregos de longo prazo para os trabalhadores americanos”, disse Lucinda Lessley, administradora marítima em exercício. “Melhores equipamentos significam maior produtividade e mais navios em movimento em nossos pequenos estaleiros – e mais navios significam mais empregos locai”.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Peixe-lua encontrado em praia dos EUA pode ser o maior já registrado na história

    Espécie rara de 2,2 metros foi encontrada já sem vida na cidade de Gearhart, no estado de Oregon

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares