Flapes

Por: Redação -
23/06/2015

Todos os barcos precisam de flapes? Essas aletas localizadas na popa do barco têm diversas finalidades, como estabilizar, ajudar no planeio, navegação ou até servir como leme em casos extremos. Marcio Dottori responde como, quando e em que embarcação usá-los.

Mas atenção, o uso dos flapes requer um pouco de cuidado. Já que ele possui todas essas utilidades quanto à navegabilidade, a utilização quando não necessário ou de maneira exagerada também pode desestabilizar um pouco o barco. Nada que atrapalhe tanto assim na navegação, basta usar de maneira delicada, com parcimônia, os botões de movimento das aletas, testá-las bem e se acostumar com elas, antes sair usando por aí.

Quer saber detalhadamente como e para que usa-se os flapes? Assista ao vídeo de TV Náutica com as explicações de Marcio Dottori abaixo.

Inscreva-se no canal da TV NÁUTICA no youtube para não perder nenhum novo vídeo!

 

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda