Fórum Náutico Sudeste

Por: Redação -
06/08/2015

Por Marcio Dottori

Desde que o Rio de Janeiro implantou o Fórum Náutico Fluminense em 2008, unindo integrantes do setor público e privado, o segmento náutico teve grande impulso no estado. São Paulo fez o mesmo em 2013 e, desde então, o setor de barcos de lazer na terra dos Bandeirantes conquistou avanços importantes para o desenvolvimento da indústria náutica paulista, como a redução do ICMS para barcos novos e a regulação do setor de marinas no estado. A união desses quatros estados da federação, que juntos respondem por cerca de 55,5% do PIB nacional, tem força para viabilizar o desenvolvimento rápido da indústria náutica brasileira, ainda pequena comparada a dos Estados Unidos e Europa. Enquanto no Brasil a relação de barco por habitante é de 1 para 267, nos EUA, a mesma razão, é quase 12 vezes maior.

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Armatti Yachts vai exibir três lanchas no Marina Itajaí Boat Show 2024

    Modelos de 30, 37 e 42 pés marcarão presença no evento, que acontece de 4 a 7 de julho

    Por que a tocha olímpica não apaga debaixo d’água? Entenda

    Tradicional revezamento que antecede os Jogos contou com trecho submerso na França, a 20m de profundidade no Mediterrâneo

    Enorme submarino de guerra surge em Santos, no litoral de São Paulo

    Embarcação da Marinha, o Tikuna - S34 chamou a atenção ao atracar com tripulantes sobre o casco

    Quase 1.500 anos: cientistas identificam a planta marinha mais antiga do mundo

    Espécie de alga marinha surgiu no Mar Báltico no período das Invasões Bárbaras, de 375 d.C. a 700 d.C

    Copa Mitsubishi de Vela: 2ª etapa termina com premiação e domingo sem ventos

    Participantes disputaram regatas no sábado, mas premiação aconteceu no dia seguinte sem novas competições