Ginástica a bordo

Por: Redação -
13/05/2015

Uma das questões mais debatidas entre mulheres que vivem a bordo ao redor do mundo é sobre como manter a forma e que tipos de exercícios fazer quando se mora em um barco.

Claro que se você vive ancorado em alguma baía, pode se matricular em alguma academia e construir uma rotina. Porém, quando o plano é passar um tempo em cada porto, a rotina de exercícios precisa ser criada.

Ah! Não estou abordando aqui a possibilidade de passar um tempo vivendo em um grande iate com academia e toda a estrutura de dar inveja a muitas academias de prédios paulistanos. Estou falando no caso de pequenas embarcações e mais especificamente, veleiros, catamarãs, para a comunidade de cruzeiristas que decide viver no mar e do mar.

Vivendo a bordo por quase três anos, eu posso afirmar que essa é uma questão que constantemente aparece nas rodas de amigas. A maioria das mulheres que vive a bordo e que conheci é praticante da yoga. Ok, legal! Yoga ajuda a tonificar os músculos e a melhorar a concentração o que é muito importante durante uma travessia, mas para algumas pessoas, como eu, hiperativas, não funciona muito bem. Preciso de algo com mais impacto e força.

Minhas opções sempre foram ou correr nas praias e ruas próximas da marina, nadar em volta do barco ou ainda, não ligar o motor do bote e ir remando até a terra puxando um bote inflável com um motor de popa suspenso além de praticar step no cockpit e subir o capitão no mastro, girando a manicaca.

Diante de tantas dúvidas e opções, decidi fazer uma enquete em um grupo nas redes sociais de mulheres que vivem a bordo. As respostas foram as mais diversas.

Quando se vive a bordo, o mais difícil é estabelecer uma rotina. E esse é exatamente o passo mais importante para que seu plano “fitness” dê certo. Defina uma escala de dia e horários para praticar suas atividades e cumpra o combinado.

Muitas das mulheres com quem conversei falaram sobre as faixas TRX. Elas queimam até 700 calorias em 30 minutos e trazem resultados em um mês. O aparelho utiliza o peso do próprio corpo para realizar os exercícios. Existem diversos vídeos na internet sobre como você pode se exercitar com essas faixas. A dica das cruzeiristas é prendê-la ao mastro. Uma outra ideia legal é usar as defensas redondas, ao invés das bolas fitness, para praticar abdominais, entre outras atividades.

Uma das dicas mais bacanas que encontrei foi usar o barco como uma academia, fazendo um circuito de exercícios e assim queimando calorias como em um aeróbico.
Você nada dando uma volta em torno do barco, sobe pela escada, faz uma sequência de abdominais, exercícios com a faixa TRX, agachamentos no deque e volta para o mar, dá mais uma volta nadando, e assim por diante…

E teve amiga que afirmou que se pendura na adriça e se lança para o mar, fazendo um exercício de contração abdominal e força nos braços.

Se você optar por ter halteres a bordo, cuidado com o armazenamento ao longo de uma travessia.

Conheci Rebecca Sweeney, uma canadense que vive a bordo de um catamarã de 32 pés, há dois anos com o marido. Rebecca desenvolveu um site com várias dicas e fotos de exercícios e boa alimentação para quem vive a bordo.

Bem, todas foram unânimes em dizer que a vida de quem veleja é bastante ativa, afinal, levantar vela, puxar bote em terra, algumas vezes ter que remar, mergulhar para limpar o casco, transportar compras e galões de água, toda essa rotina é bastante intensa.

Para as menos preocupadas em desenvolver músculo ou emagrecer, atividades saudáveis não faltam. Viver a bordo é estar em contato com a natureza o tempo todo. Caiaque, stand up paddle, caminhadas nas praias, mergulho…

Ah! Antes de terminar, uma outra dica que gostei também. Colocar lençol da cama da V-Berth! Um exercício e tanto!

Hoje estou aqui, amanhã não sei.

Para quem quiser saber mais sobre o site da Rebecca é só acessar strengthplus.ca.

Fotos: site Rebecca Sweeney

 

Marcela Rocha é instrutora de mergulho, jornalista, locutora de rádio, velejadora nas horas vagas e, acima de tudo, muito feminina

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda

    Adolescente para lancha desgovernada e impede acidente em lago nos EUA

    Imagens gravadas por quem estava no local mostram jovem de 17 anos saltando de um jet em direção ao barco que rodopiava sem condutor

    Público do Brasília Boat Show tem desconto exclusivo em hotéis parceiros; saiba como funciona

    Visitantes do evento náutico, que atraca pela primeira vez no Lago Paranoá, poderão desfrutar de condições especiais no momento da reserva

    Navio de pesquisa de 1962 é capaz de “ficar de pé” no mar; assista em ação

    Quando na vertical, paredes internas viram pisos e móveis são adaptados para a nova posição

    Na dúvida de qual jet comprar? Confira modelos da Sea-Doo para cada necessidade

    Empresa conta com opções que atendem desde iniciantes no universo náutico até apaixonados por velocidade ou pesca