Tecnologia promete reduzir o ruído da cavitação do hélice dos barcos

Por: Redação -
03/03/2020

Discutir poluição sonora pode até parecer frescura para alguns. Mas tem muita gente preocupada com essa questão no mar, especialmente com ruído subaquático, um dos subprodutos ambientais mais adversos da indústria marítima.

Segundo estudos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), nos locais de maior tráfego de embarcações, o nível de ruído subaquático chega a 180 decibéis, provocando enorme desconforto nos organismos aquáticos dependentes de sons para se alimentar e se reproduzir. É o caso dos golfinhos e das baleias. No entanto, não existe legislação para evitar esse tipo de dano ambiental.

Felizmente, existe gente preocupada com essa questão, como os pesquisadores do Departamento de Engenharia Naval da Universidade Strathclyde, de Glasgow, na Escócia, que desenvolveram e transferiram para a iniciativa privada uma tecnologia capaz reduzir consideravelmente a barulheira subaquática: a PressurePores, patenteada pela Oscar Propulsion.

A novidade consiste na colocação estratégica de alguns orifícios nas pontas dos hélices onde a TVC (cavitação em vórtice das pontas das pás) é gerada. O sistema — que consiste na colocação 17 furos na ponta das lâminas — tem um grande efeito mitigador, com perda mínima de eficiência, e pode ser aplicado em todos os tipos de hélices.

Embora não seja propriamente uma novidade, a introdução de orifícios nas pás dos hélices para reduzir a cavitação não costuma gerar bons resultados. “As pessoas tentam fazer buracos nos hélices há muito tempo, mas não conseguiram fazê-lo sem afetar a eficiência da hélice ou obter uma redução substancial de ruído”, explica David Taylor, CEO da Oscar Propulsion. Testes apontaram a redução de até 21 decibéis.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasília Boat Show transformará a capital do país no epicentro do mercado náutico

    Primeira edição do salão no Centro-Oeste acontece de 14 a 18 de agosto, nas águas do Lago Paranoá; garanta seu ingresso!

    NX Boats desembarca nos EUA com sua maior lancha, a NX 50 Invictus

    Modelo de 50 pés com hardtop estreou recentemente em águas norte-americanas; estaleiro descreveu momento como “histórico”

    Professor larga tudo para dar volta ao mundo em veleiro de 8 metros

    Pelas redes sociais, Luke Hartley compartilha suas aventuras a bordo de uma 27 pés de 1976

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha