Saiba como o lixo marinho vem cada dia mais destruindo o nosso ecossistema

Por: Redação -
13/11/2020
Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

 

O lixo marinho vem sendo o principal inimigo dos oceanos, colocando milhões de espécies em risco todos os dias. Só em setembro de 2020, foram recolhidas aproximadamente 29 toneladas de lixo durante a semana de limpeza da costeira, organizada pela Fundação Oceano Azul.

 

Cerca de 12 milhões de toneladas de plástico vão parar ao oceano todos os anos, segundo a World Wide Fund (WWF), não sendo por acaso o fato de existirem ilhas de lixo no oceano como são encontradas no Pacífico.

 

Agora, o alerta é para os restos de equipamentos de pesca, desde redes a anzóis e fios de pesca, que resultam entre 500 mil a 1 milhão de toneladas perdidos no oceano diariamente e que representam uma grande margem desse lixo.

 

LEIA MAIS:

>> Volvo Penta participa de projeto que visa mapear todo o fundo do oceano até 2030

>> Saiba como agir ao encontrar grupos de botos-cinza durante a navegação

>> Porto Itapoá recebe prêmio como o mais sustentável do país na categoria portos privados

 

Estes objetos acabam sufocando e prendendo as espécies marítimas, levando-as à morte e ainda danificam vários habitats marinhos e recifes de coral que são essenciais para os ecossistemas.

 

O número de registro de casos de animais como baleias e tartarugas que vieram à costa emaranhados ou com resíduos plásticos no estômago crescem cada vez mais.

Sarah Young, da WWF, argumenta que “o oceano é o nosso herói anônimo no combate à crise climática. O planeta estaria 35ºC mais quente se o oceano não nos protegesse. Porém, o oceano não nos pode proteger se não o protegermos, e atualmente a natureza está em queda livre”.

 

A fundação aponta várias medidas de solução de como estes equipamentos podem ser fabricados de forma reciclável e facilmente detectáveis e novas regras adotadas pelo governo relativas à pesca e ao lixo marinho.

 

Por Amanda Ligório, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

 

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico

    No NÁUTICA Talks, Alberto Brandão fala sobre as regatas virtuais no Brasil

    O jogo Virtual Regatta será o centro do papo sobre o eSailing no país, em palestra que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

    Movido a energia solar, novo catamarã da Sunreef Yachts promete bateria de 1 mil kWh

    Modelo da Sunreef Yachts contará com tecnologia que percorre toda superfície externa do barco para captar a luz do sol

    JF Sun levará linhas de óculos e acessórios ao Rio Boat Show 2024

    Com especialização em lentes polarizadas e esportivas, marca estará de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória