Velejadores catarinenses disputam regata da medalha em busca do pódio no Pan de Lima

Por: Redação -
09/08/2019
Foto: Washington Alves

Uma reta final com desempenhos espetaculares marcou as campanhas de Bruno Fontes e Matheus Dellagnelo, atletas do Iate Clube de Santa Catarina, nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Realizada em Paracas, as disputas de vela chegaram a fase final e agora os melhores velejadores seguem para as disputas da Medal Race, a regata da medalha. No Sunfish, Matheus assumiu o primeiro lugar na hora certa e agora soma quatro pontos de vantagem sobre o canadense Luke Ramsay. No Laser Standard, Bruno segue em evolução e apenas quatro pontos o separam do líder Juan Maegli, de Guatemala.

No último dia de regatas na fase classificatória, Bruno Fontes manteve a consistência e com um segundo e um quarto lugares manteve a terceira posição na classificação geral e viu a diferença para o guatemalteco ficar em apenas quatro pontos. O segundo colocado é o americano Charlie Buckingham, um ponto à frente de Bruno.

“O primeiro passo foi dado e agora é seguir focado para a disputa da medalha. O nível é alto e os dois velejadores da frente tem muita qualidade, mas eu vou em busca do melhor resultado possível. Objetivo é largar bem e fazer uma regata rápida”, explica Bruno, que compete na Laser Standard.

Matheus Dellagnelo é o novo líder na disputa de Sunfish. Campeão Pan-Americano em 2011, o catarinense cresceu no momento decisivo da competição somando um primeiro e um segundo lugar nesta quinta-feira. Com quatro pontos de diferença para o segundo colocado, o canadense Luke Ramsay, Matheus veleja em busca do bicampeonato.

LEIA TAMBÉM
>>Confira em primeira mão a nova Real 600 que estará no Boat Show
>>Incêndio atinge barcos em vagas molhadas na Marina Piratas, em Angra
>>Atleta de motosurf conquista para mais um troféu para o Brasil 

“Mais um dia muito bom e agora foco na Medal. Vou usar esse dia de intervalo para me concentrar e torcer para o Bruninho trazer essa medalha também. Minha disputa é apenas no sábado, mas vou seguir focado para buscar o melhor resultado possível”, enfatiza Matheus.

A Medal Race, conhecida como regata da medalha, encerra o programa de vela dos Jogos Pan-Americanos. Os onze melhores classificados disputam a decisão com sistema diferente. A pontuação obtida pelo velejador nesta regata vale dobrado e obrigatoriamente entra na pontuação final.

A Medal Race da Laser Standard, classe de Bruno Fontes, acontece nesta sexta-feira, às 14h30, enquanto a Medal Race de Sunfish ocorre no sábado, às 16h, com Matheus Dellagnelo na disputa.

Classificação das classes com velejadores catarinenses no Pan:

Sunfish:

1º Matheus Dellagnelo (BRA) – 21pp
2º Luke Ramsay (CAN) – 25pp
3º Renzo Sanguineti (PER) – 32pp
4º Conner Blouin (EUA) – 43pp
5º David Hernandez (GUA) – 50pp
6º Diego González (CHI) – 52pp
7º Martin Alsogaray (ARG) – 54pp
8º Jonathan Martinetti (EQU) – 57pp
9º Simon Gomez (COL) – 68pp
10º Agustin Lazaro (PUR) – 85pp
10º Héctor Guzman (MEX) – 87pp

Laser Standard:

1º Juan Maegli (GUA) – 24pp
2º Charles Buckingham (EUA) – 27pp
3º Bruno Fontes (BRA) – 28pp
4º Enrique Arathoon (ELS) – 46pp
5º Stefano Peschiera (PER) – 46pp
6º Andrew Lewis (TTO) – 62pp
7º Robert Davis (CAN) – 64pp
8º Yanic Gentry (MEX) – 744pp
9º Clemente Seguel (CHI) – 75pp
10º Ignacio Rodriguez (URU) – 76pp
11º Juan Bisio (ARG) – 76pp

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial