Meio ambiente

Por: Redação -
28/04/2016

Além de um indicador de preservação ambiental e desenvolvimento turístico, a qualidade das águas representa um fator de saúde. Pensando nisso, a Marinas Nacionais – Bandeira Azul desde novembro de 2013 – investiu na aquisição de um pump out, equipamento para recolhimento de esgoto das embarcações e de uma bomba de sucção, para retirar água contaminada com poluentes dos porões dos barcos.

Com capacidade para 100 litros e funcionamento manual com bomba de diafragma, o pump out pode ser utilizado somente em barcos localizados na área seca da marina. Com ele, é até possível fazer a captação pelo lado de dentro do barco, mas é desaconselhável pelo porte do equipamento, grande para os espaços normalmente acanhados dos barcos, explica Leila Pio dos Santos, responsável pelo setor de meio ambiente da Marinas Nacionais. “Além da dificuldade para levar o pump out para dentro do barco, ainda existe o risco do odor do esgoto se espalhar pelo barco na hora da captação”, comenta.

Já o dispositivo de sucção de água contaminada do porão da embarcação tem capacidade para 50 litros. “Nesse caso a operação pode ser realizada com o barco na água ou no seco”, conta Leila. “Já o descarte dos materiais coletados é realizado em locais distintos. Os resíduos sanitários coletados pelo pump out são destinados para um tanque séptico e os resíduos com óleo retirados do porão da embarcação, são encaminhados para área de gerenciamento de resíduos.”

O benefício ambiental é grande pois evita que estes tipos de poluentes venham a atingir, impactar e contaminar o meio ambiente. “A Marinas Nacionais é uma das primeiras marinas no Brasil a estar em conformidade com as exigências ambientais de diversas entidades certificadoras internacionais”, ressalta o consultor da MWB Pesquisa, Planejamento e Assessoria, Mario Bandeira que presta assessoria à Marinas Nacionais.

Para uso dos equipamentos, o marinheiro ou cliente deve solicitar à portaria da Marinas Nacionais, durante o horário de funcionamento regular, ou seja, diariamente das 8h às 17h, exceto às quartas-feiras e fins de semana.

Foto: Rodney Domingues

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Marolas podem trazer riscos; confira dicas para evitar ou atenuar

    As "ondinhas" formadas pelos barcos parecem inofensivas, mas são perigosas

    Como navegar à noite: dicas para sair em segurança com seu barco

    Navegação noturna envolve mais riscos e exige o dobro de atenção no posto de comando; confira

    Manual da ancoragem: saiba tudo sobre âncoras e como atracar com segurança

    Equipamento pode ter diferentes formas e adequações; saiba qual faz mais sentido para o seu barco

    Esculturas bordadas: artista francesa reproduz formas, texturas e cores dos corais

    As obras poéticas de Aude Bourgine pretendem despertar admiração pela natureza e o desejo de protegê-la

    Conheça Shicheng, cidade chinesa de 600 anos submersa propositalmente

    Local foi inundado há 64 anos para a construção da barragem hidrelétrica e hoje recebe mergulhadores