Lancha de 24 pés da Mestra Boats já conta com 60 unidades entregues. Confira

19/03/2021

A lancha de 24 pés do estaleiro paulista Mestra Boats, com sede em Pederneiras, interior de São Paulo, acaba de chegar ao número de 60 unidades entregues, de acordo com informações da marca. O modelo foi para o casal Wando e Ana Paula Vieira da Silva, do Paraná (vídeo e foto abaixo).

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Leia também

» Náufragos que flutuavam em geladeira foram resgatados depois de horas no Rio Amazonas

» Programa de estímulo à navegação de cabotagem, BR do Mar, é aprovado pela Câmara dos Deputados

» Mestra apresenta lancha de 16 pés pensada para pesca no São Paulo Boat Show

Estreia do São Paulo Boat Show, a Mestra 240 tem 7 metros de comprimento e capacidade para levar até nove pessoas, além do piloto. Tem proa aberta e é ideal para cruzeiros diurnos, além de poder ser equipada com um motor de centro-rabeta de 200 a 280 hp de potência.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água