Morre um dos fundadores do estaleiro carioca Real

13/02/2018
Aleimar Teles Pascoal, um dos fundadores do estaleiro Real, ao lado do filho, Leo

Neste domingo (11), Aleimar Teles Pascoal, um dos fundadores do estaleiro Real, morreu, aos 73 anos, devido a problemas cardíacos.

Em 1986, os empresários cariocas Paulo Renha e Aleimar Teles Pascoal se juntaram para montar o estaleiro Real no Rio de Janeiro, um dos mais conhecidos fabricantes de barcos brasileiros, que depois passou a se chamar Real Power Boats. Com o fim da sociedade, no início dos anos 1990, Aleimar, que acabou ficando com as formas das lanchas Wind 30 e Wind 36, decidiu montar seu próprio negócio e assim surgiu a Rival, um estaleiro que deixou sua marca no segmento náutico brasileiro, principalmente pelos lançamentos das lanchas Angra 23 e Angra 30.

Com linhas arredondadas e elegantes , estes dois modelos da Rival foram um dos barcos responsáveis pela mudança que ocorreu no mercado nos anos 90, onde as lanchas de linhas retas foram substituídas por embarcações mais modernas com formas arredondadas,  estilo que logo depois viria a ser adotado pela maioria dos fabricantes de barcos brasileiros.

Na sequência, o estaleiro lançou a Rival 23 Open, lancha de proa aberta também com design exclusivo, equipada com posto de comando instalado na parte traseira do cockpit e uma pequena cabine como cama de casal junto ao console, deixando a proa livre para transporte de passageiros ou para guarda de materiais diversos como as tralhas de pescadores e mergulhadores.

Esta lancha, desenhada para motor de popa, revelou-se uma versão mais moderna das antigas lanchas utilitárias de comando central e motor de centro.  As formas deste barco inovador de 23 pés foram adquiridas pela Riostar.

Outro estaleiro fluminense, a Tecnoboats, se baseou no conhecimento de Aleimar para desenvolver várias lanchas da linha Futura, sucesso de vendas deste estaleiro do Rio fim dos anos 1990.

Antes do seu falecimento, Aleimar estava desenvolvendo, em um pequeno estaleiro em Angra dos Reis, também chamado Rival, a Futura 200 e a Futura 230.

O Grupo Náutica expressa sinceros sentimentos à família de Aleimar.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Homem nada mais de 100 metros sem respirar em lago congelado e quebra dois recordes

    Aos 52 anos, experiente nadador suíço acumula títulos e já deteve outro recorde mundial; confira

    Resorts 'no meio do nada' oferecem de natação com cavalos a plantio de recifes

    Ultraluxuosos, estabelecimentos cercados por belas águas buscam se diferenciar com passeios extravagantes; conheça 5 deles

    Búzios ganhará Centro de Desenvolvimento da Vela após parceria de ICAB e CBVela

    Parceria inédita prevê treinos das equipes jovem e principal, clínicas, uma escola de vela e projeto social para fomento do esporte na região

    Tubarão mais rápido dos oceanos é filmado no litoral de São Paulo; assista

    Conhecido como tubarão-mako, animal que pode atingir até 70 km/h foi flagrado próximo à Ilhabela

    Pinguim aparece em praia de Cabo Frio (RJ), surpreende banhistas e levanta dúvida: é normal?

    Apesar de ter sido visto navegando tranquilamente no mar transparente da região, presença do animal em águas brasileiras levantou questionamentos