Cranchi T36 traz diferentes opções de configuração interior. Confira

Por: Redação -
04/01/2019

O estaleiro italiano Cranchi define o seu modelo T36 como um novo conceito de barco onde se privilegia a vida a bordo independentemente se o proprietário irá passar um fim de semana a bordo ou fazer um cruzeiro mais longo.

O modelo traz cores, decoração e conceitos diferenciados e conta com as versões com dois ou três camarotes e um ou dois banheiros. Em ambas as opções, o camarote do proprietário fica à proa.

O interior caracteriza-se pela abundante luz natural e vasta circulação de ar. A decoração, da responsabilidade de Christian Grande, é sobria. T36 tem 11,85 m de comprimento total e vem equipado com dois motores Volvo de 300 hp cada.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial

    Schaefer Yachts anuncia barco que não afunda, ideal para resgates em alto-mar

    Com o nome de Interceptor 48 Pilot, novidade é fruto de parceria com a empresa irlandesa Safehaven Marine

    Criatura de 18 metros está impactando a cadeia alimentar da vida marinha; entenda

    Gelatinoso e transparente, os "picles do mares" causam perturbações no ecossistema durante as ondas de calor oceânicas e preocupam cientistas

    Minas Gerais ganhará bar flutuante de vinhos na Represa do Funil

    Com o nome de Almas Gerais, iniciativa tem previsão de entrega em julho de 2024 e faz parte do milionário projeto Enovila