Novos eletrônicos

Por: Redação -
26/08/2016

Navegar por meio da observação dos astros é um hábito tão antigo quanto a própria navegação — e possível de ser praticada até hoje. Mas o advento dos eletrônicos marítimos mudou, definitivamente, a experiência de navegar. De um tempo para cá, sobretudo na última década, os avanços tecnológicos tornaram os barcos cada vez mais modernos.

Sondas são capazes de mostrar a estrutura subaquática em detalhes, exibindo onde os peixes se concentram, com definição jamais vista. A chegada dos radares de estrutura sólida, por sua vez, trouxe para os barcos de lazer recursos só antes experimentados nas embarcações comerciais e, igualmente, imagens para lá de precisas (sem falar que alguns deles ainda oferecem integração wi-fi com outros equipamentos). Os chartplotters, que integram dados de gps e cartas náuticas, estão mais rápidos e precisos. E todos esses dispositivos podem ser incorporados pelos displays multifunção, com sua grande capacidade de processamento e telas touchscreen de última geração.

Ninguém sabe o limite dos avanços dos eletrônicos. Mas muitos dos caminhos que levarão ao “barco do futuro” — que, certamente, será repleto de componentes que remetem não só aos conceitos de conectividade e integração, mas, também, à telemática — passam pelos equipamentos selecionados na edição do mês de NÁUTICA, que está nas bancas de todo o país e, também, na loja online. Confira!

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Armatti Yachts vai exibir três lanchas no Marina Itajaí Boat Show 2024

    Modelos de 30, 37 e 42 pés marcarão presença no evento, que acontece de 4 a 7 de julho

    Por que a tocha olímpica não apaga debaixo d’água? Entenda

    Tradicional revezamento que antecede os Jogos contou com trecho submerso na França, a 20m de profundidade no Mediterrâneo

    Enorme submarino de guerra surge em Santos, no litoral de São Paulo

    Embarcação da Marinha, o Tikuna - S34 chamou a atenção ao atracar com tripulantes sobre o casco

    Quase 1.500 anos: cientistas identificam a planta marinha mais antiga do mundo

    Espécie de alga marinha surgiu no Mar Báltico no período das Invasões Bárbaras, de 375 d.C. a 700 d.C

    Copa Mitsubishi de Vela: 2ª etapa termina com premiação e domingo sem ventos

    Participantes disputaram regatas no sábado, mas premiação aconteceu no dia seguinte sem novas competições