O melhor da ilha

Por: Redação -
21/04/2015

Até o final do século 19, a Ilha do Mel era chamada de Ilha da Baleia, por causa de um de seus morros, que leva este nome até hoje. Mas, a partir daí, ninguém sabe explicar o motivo da troca de nomes, muito menos de onde ele veio. É certo que, na década de 1960, alguns nativos montaram pequenos apiários na ilha. Mas esta não pode ser a origem do nome, porque, antes disso, a ilha já era conhecida como Ilha do Mel. Tampouco faz muito sentido a hipótese de que ele venha da coloração amarelada da água, que seria “semelhante à dos favos”. O mais provável é que o nome “Mel” seja decorrência de um simples erro de grafia ou de uma típica adaptação brasileira de um nome estrangeiro: “Mehl”, “farinha” em alemão, do trigo que famílias de origem germânicas radicadas em Curitiba tanto plantaram na ilha no passado, e, também, nome de um almirante que frequentou muito a ilha antes da Segunda Guerra Mundial — o que a deixou conhecida como “Ilha do Almirante Mehl”. Faz bem mais online casino sentido. Mas não é tão doce quanto o mel das abelhas.

Confira as melhores coisas da ilha

O pé na areia o tempo todo, ou, no máximo, de sandálias havaianas

O tamanho pra lá de generoso das praias, ainda mais nas marés baixas

A cordialidade com os turistas, que sempre encontram atenção e ajuda

A ausência de carros e de todo tipo de veículo que faça fumaça e barulho

A proximidade com o continente, que fica apenas a meia hora de distância

O permanente astral de surf camp que impera na ilha inteira

A magia do farol e da gruta das Encantadas, que atrai todo mundo

A deliciosa — e cada vez mais rara — combinação de natureza com beleza

A simpatia dos nativos, que comprova que quem nasce na Ilha do Mel é um doce de pessoa

 

Reportagem publicada em NÁUTICA SUL edição nº 52 | janeiro – fevereiro 2014/2015.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sino de navio americano naufragado durante a Primeira Guerra Mundial é encontrado na Inglaterra

    Embarcação naufragou após ser atingida por submarino alemão; objeto será exposto no Museu da Marinha americana

    Com método inovador, jovem inventor quer acabar com plásticos no mar

    Irlandês criou equipamento para monitorar poluição aos 12 anos e foi premiado pelo Google aos 18; conheça

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Barco percorreu mais de 63 mil milhas náuticas só com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos