Sul-Brasileiro de Optimist

Por: Redação -
17/03/2015

Após três dias de regatas, o Campeonato Sul-Brasileiro, válido como Seletiva para o Mundial de Optimist, não poderia acabar de melhor maneira. A raia de Jurerê proporcionou ótimas velejadas aos atletas, com condições de vento nordeste de 10 a 14 nós. E quem melhor soube aproveitar os ventos foram os gaúchos Tiago Quevedo e Lucas Stolf, ambos do clube Veleiros do Sul. Tiago confirmou o bicampeonato da competição na categoria Veterano, coroando um ano perfeito que começou com o título brasileiro no Rio de Janeiro, enquanto Lucas foi o mais consistente entre os Estreantes.

Atual bicampeão brasileiro, Tiago Quevedo chegou à Florianópolis com a liderança da seletiva e o status de favorito para o título Sul-Brasileiro. Após um começo com alguns resultados inconstantes, o gaúcho assumiu a liderança da flotilha após a metade do campeonato, vencendo todas as regatas nos últimos dois dias.

“Estou muito feliz com o resultado. Comecei o campeonato com alguns erros, mas depois consegui velejar bem. Esse vai ser meu segundo mundial e quero melhorar o meu quinto lugar do ano passado. Quem sabe buscar uma medalha pro Brasil”, disse Tiago Quevedo, que em 2014 representou o Brasil no Mundial de Optimist, na Argentina.

Vice-campeão, Tiago Monteiro, do Cabanga Iate Clube Pernambuco, confirmou uma das cinco vagas na equipe brasileira que disputa o Mundial na Polônia. O velejador encerrou o Sul-Brasileiro com 45 pontos perdidos. O terceiro colocado no Sul-Brasileiro foi Gabriel Kern, do Clube dos Jangadeiros, com 46 pontos perdidos.

Líder entre os Estreantes, o gaúcho Lucas Stolf, do Veleiros do Sul, confirmou o título nesse sábado. O segundo lugar na primeira regata do dia confirmou a liderança ao velejador, que descartou a última pontuação do evento. Com nove pontos perdidos, Lucas terminou a competição um ponto à frente do pernambucano João Cardoso, do Cabanga Iate Clube. Pedro Amine, do Veleiros do Sul, completou o pódio da categoria com 18 pontos perdidos.

Com dezessete velejadores na flotilha Estreante, Tiago da Silva, do Iate Clube de Santa Catarina, foi o melhor catarinense ao final das disputas, terminando na nona posição com 47 pontos. Ainda entre os catarinenses Francisco Bittar ficou em 10º, João da Silva em 14º e Gabriel Steinman em 15º, todos do Lagoa Iate Clube.

O Campeonato Sul-Brasileiro de Optimist definiu a equipe brasileira que disputa o Mundial da categoria na Polônia. Além da dupla Tiago Quevedo (RS – Veleiros do Sul) e Tiago Monteiro (PE – Cabanga Iate Clube), os gaúchos João Vasconcellos e João Tatsch (Clube dos Jangadeiros) e Gabriel Camargo (Veleiros do Sul) integram a equipe de cinco atletas que representarão o país em Dzimnów.

“O nível técnico da seletiva foi muito bom. Os velejadores foram desafiados durante os quatro dias com diferentes condições de vento. Além disso, a flotilha se mostrou muito compacta, o que mostra o equilíbrio nas disputas. Os velejadores classificados têm tudo para representar muito bem o Brasil”, disse Ricardo Navarro, presidente da Comissão de Regatas.

Classificação – Veterano (após sete regatas e um descarte)
1º Tiago Quevedo (RS) – 21pp
2º Tiago Monteiro (PE) – 45pp
3º Gabriel Kern (RS) – 46pp
4º João Tatsch (RS) – 48pp
5º Gabriel Camargo (RS) – 50pp
6º Luan Souza (SP) – 56pp
7º João Vasconcellos (RS) – 48pp
8º Nicolas Bernal (SP) – 69pp
9º Guilherme Plentz (RS) – 70pp
10º Bernardo Pereira (BA) – 71pp

Classificação – Estreante (após cinco regatas e um descarte)
1º Lucas Stolf (RS) – 9pp
2º João Cardoso (PE) – 10pp
3º Pedro Amine (RS) – 18pp
4º Erick Carpes (RS) – 27pp
5º Leonardo Caminha (RS) – 28pp
6º Bruna Haiml (RS) – 38pp
7º Francisco Ruschel (RS) – 38pp
8º Guilherme Santos (RS) – 46pp
9º Tiago da Silva (SC) – 47pp
10º Francisco Bittar (SC) – 49pp

Classificados para o Mundial:
Tiago Quevedo (RS – Veleiros do Sul)
Gabriel Camargo (RS – Veleiros do Sul)
Tiago Monteiro (PE – Cabanga Iate Clube)
João Vasconcellos (RS – Clube dos Jangadeiros)
João Tatsch (RS – Clube dos Jangadeiros)

Foto: Mauro Goulart/ICSC

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa