Participantes da Refeno poderão usar as praias de APA e pescar durante a edição 2018

Por: Redação -
20/09/2018
Foto: Tsuey Lan Bizzocchi

O Cabanga Iate Clube concluiu os entendimentos com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para a 30ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha (Refeno). Com a parceria, de forma inédita, será permitido o uso controlado das praias de APA e a pesca oceânica durante edição 2018.

A autorização foi fruto das reuniões, realizadas nos últimos meses, entre a Diretoria da Refeno o Coordenador Regional do ICMBio, Felipe Cruz Mendonça.

No acordo, as embarcações participantes da Refeno 2018 poderão fundear em algumas praias para aproveitar as belezas naturais na Ilha de Fernando de Noronha na companhia de seus familiares e tripulantes. Os velejadores da Refeno 2018 poderão, ainda, fazer pesca oceânica esportiva fora dos limites da APA durante a Regata.

LEIA TAMBÉM
>>Minas Gerais contará com representante único na Refeno 2018. Conheça
>>Inspeção dos barcos para a 30ª Refeno teve início nesta segunda-feira
>>Jorge Zarif termina evento-teste para Tóquio 2020 em 4º lugar

Ao todo, 40 embarcações poderão fundear. Serão 10 barcos por dia nas datas 1, 2, 3 e 4 de outubro. Além do fundeio, 40 veleiros também poderão pescar fora dos limites da APA nos mesmos dias informados acima.

Os interessados em usufruir destes benefícios deverão se inscrever no site da Refeno usando o login do seu barco, a partir desta quinta-feira (20/09), devendo e respeitar as determinações da Autorização do ICMBIO (leia aqui).

“Para nós é um prazer receber o Cabanga e a Refeno. E, para isso, temos de estabelecer algumas normas e regras tendo em vista a fragilidade ambientam diante das atividades que acontecem na Ilha. Com a Refeno, chegam mais de 60 embarcações em um local que já tem a sua frota de barcos. Portanto, é importante que os veleiros saibam onde podem ficar atracados. O Cabanga nos enviará a lista das embarcações permitidas e todos receberão as regras com relação aos cuidados necessários”, finalizou Felipe Cruz Mendonça, Coordenador Regional do ICMBio.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Saiba como seu barco pode ajudar moradores do Rio Grande do Sul

    Grupo Náutica uniu forças com a CUFA para apoiar o estado atingido por enchentes; instituição busca pequenos barcos para o transporte de doações

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada