Em prol da água

Por: Redação -
19/05/2015

O Dia Mundial do Meio Ambiente (DMMA), celebrado em 5 de junho, foi criado pelas Nações Unidas para estimular ação e conscientização global em prol do meio ambiente. Na cidade paulista de Jundiaí, este ano, o alerta é para o consumo racional da água, com a exposição “Linha D’Água – Travessias oceânicas de Amyr Klink e suas lições sobre a água”, aberta ao público de 2 a 27 de junho, no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí. Trata-se de uma mostra fotográfica, gratuita, que reúne 30 fotografias do acervo do velejador Amyr Klink, que, além de ter realizado mais de 40 viagens oceânicas, tornou-se referência nacional quando se fala em consumo consciente, especialmente da água.

Segundo dados da Organização Mundial da saúde, a média de 100 litros de água por habitante seria o bastante para realização das atividades domésticas e de higiene diárias. O navegador brasileiro Amyr Klink, porém, passou 100 dias num barco a remo consumindo 2,7 litros de água por dia, e garante que foi suficiente. Essas e outras curiosidades tornam a exposição imperdível, principalmente em tempos de crise hídrica, em que quanto mais economia, melhor para todos.

“Linha D’Água” é dividida em 3 módulos, que remetem aos três barcos usados por Amyr Klink em algumas de suas principais expedições: barco a remo I.A.T., Paratii e Paratii II. Ao todo são 30 fotos das expedições do velejador, dispostas em painéis que também contém textos sobre as viagens. Todo o material expositivo é montado em base sustentável, seguindo assim os princípios do projeto, de estimular a reflexão sobre consumo consciente. O projeto inclui a distribuição de cartilhas e de catálogos do projeto e, além disso, as visitas à exposição contarão com monitores.

O Museu Histórico e Cultural de Jundiaí – Solar do Barão fica na Rua Barão de Jundiaí, 762, no Centro. A exposição “Linha D’Água – Travessias oceânicas de Amyr Klink e suas lições sobre a água” pode ser visitada de terça a sexta das 10h às 17h e aos sábados das 9h às 13h.

Foto: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Boberto por 202 m² de painéis solares, barco percorreu quase 63.040 milhas náuticas apenas com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos

    Casal troca apartamento para viver em veleiro com seis gatos

    Embora a rotina de manutenção do catamarã seja dura e exigente, Aline e José garante que vale a pena

    Novo submarino Tonelero será lançado ao mar no fim de março, no Rio de Janeiro

    Embarcação militar de 71,6 metros é oriunda do Programa de Desenvolvimento de Submarinos, selado entre Brasil e França