Pintores do mar

Por: Redação -
04/03/2016

Inspiração para um estilo de vida e para as artes. Assim como a música transformou o mar e a navegação em canções, alguns pintores também se deixaram levar pelas belas paisagens marinhas e as retrataram em pinturas. NÁUTICA selecionou dez deles para você. Confira:

Castagneto

Giovanni_Battista_Castagneto_-_Afternoon_in_Toulon_-_Google_

Italiano residente no Rio (1851-1900), foi um dos primeiros no país a se dedicar quase exclusivamente à pintura marinha. Em suas telas, as diferenças entre água, ondas, céu e nuvens são realizadas por leves pinceladas.

Benedito Calixto

benedito calixto santos_OK

Outro importante pintor-historiador do litoral brasileiro (1853-1927). Natural de Itanhaém, dedicou parte de sua produção a revelar as praias do litoral paulista e o porto de Santos.

José Pancetti

5414-01g_OK

As marinhas são a face mais conhecida da obra deste marinheiro e pintor (1902-1958). Com enquadramentos inusuais e fortes contrastes de cor, retratou diversos recantos do nosso litoral, como Arraial do Cabo e Cabo Frio.

Vincenzo Cencin

vincenzo cencin-brasileiro1_OK

Italiano radicado no Brasil (1925-2010), dedicou 52 de seus 85 anos a descobrir personagens e pintar paisagens marinhas do país. De suas telas brotam pescadores, ondas, barcos, gaivotas…

Francisco Calixto de Jesus

Francisco Calixto Praia dos Camaroeiros – Caraguatatuba-SP_O

Bisneto de Benedito Calixto, herdou do bisavô o talento para retratar a paisagem da nossa costa, especialmente no litoral Norte de São Paulo. Há duas décadas, dedica-se exclusivamente às marinhas.

Marcus Penido

Marcus Penido.00_OK

Velejador e artista plástico, perpetua as duas paixões em belas obras que têm o iatismo e o Rio de Janeiro como temas. Entre uma tela e outra, participa de regatas.

Alcides Pereira dos Santos

AG_obra_sw17DRaiTV24_OK

Nascido na Bahia e criado no Mato Grosso, Alcides (1932-2007), como assinava seus quadros, navegava em diversos temas, entre eles os barcos, que explorou em sua última fase.

Pierre Rousselet

Pierre COMPLETO.  2_OK

Neto de imigrantes franceses, nascido em Porto Alegre, há mais de 60 anos dedica-se à arte de acrílico sobre telas, retratando prioritariamente lanchas e veleiros.

Cláudia Simões

Claudio Simoes Exposicao Portugal em 3 arquivos de resolucao

Uma vocação inabalável fez essa artista e velejadora abandonar a carreira como física quântica e se lançar no mundo das aquarelas, já aos 40 anos de idade. Seu tema central? O mar e os barcos, claro!

Maria Goretti

Foto_88_img_01_OK

Natural de Angra dos Reis, ela tem longa intimidade com a paisagem marítima. Começou pintando pescadores, mudou para regatas, mas jamais abandonou as águas.

Foto: Arquivo NÁUTICA

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Catamarã elétrico de startup vence concurso e fará parte da autoridade marítima de Singapura

    Embarcação participa do projeto singapurense que pretende acabar com emissões portuárias até 2050

    Casas flutuantes em alta: conheça as mais luxuosas do mundo

    Inspire-se com cinco modelos das moradias sobre as águas que estão fazendo a cabeça dos milionários

    Com dois barcos de 19 pés, Ross Mariner mostra lançamento no Rio Boat Show 2024

    Boas opções de entrada, embarcações estarão no salão, de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    NÁUTICA Talks recebe Marina Bidoia, mais jovem velejadora a concluir a Refeno

    Velejadora realizou o trajeto Recife-Fernando de Noronha aos 24 anos, e vai levar experiência ao Rio Boat Show 2024

    Posto flutuante da rede Golfinho estará no Rio Boat Show 2024

    Loja de conveniência batizada de WayPoint também será apresentada de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória