Polêmica

Por: Redação -
26/06/2015
Costa Concordia captain Francesco Schettino leaves after a session of the trial in the Costa Concordia cruise ship disaster on April 15, 2013 in Grossetto. The deadly Costa Concordia cruise ship disaster returns to court in Italy today with the start of a long series of indictment hearings against six suspects including captain Francesco Schettino. AFP PHOTO / TIZIANA FABI (Photo credit should read TIZIANA FABI,TIZIANA FABI/AFP/Getty Images)

O capitão Francesco Schettino do navio Costa Concordia, que naufragou em janeiro de 2012 matando 32 pessoas, acaba de lançar um livro. “Le veritá sommerse” (As verdades submersas) conta sua versão do acidente que comoveu o mundo.

Com a ajuda da jornalista Vittoriana Abate o capitão narra, em 608 páginas, os fatos que antecederam o desastre na Toscana. O livro tem, também, material fotográfico e reprodução de documentos, além de muita polêmica, como a decisão de Schettino de dedicar o livro aos parentes das vítimas.

Francesco Schettino foi condenado, em primeira instancia, a 16 anos de prisão pelas acusações de homicídio culposo múltiplo, abando de embarcação, naufrágio e falta de comunicação com as autoridades portuárias.

O livro já está à venda e custa 12 euros. A editora responsável pela publicação e a Graus.

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa