Rumo a Portugal

Por: Redação -
18/05/2015

A sétima etapa da Volvo Ocean Race marca a volta da flotilha à Europa e a regata está cada vez mais próxima de sua conclusão. As equipes já velejaram cerca de 90% das milhas totais da Volta ao Mundo, mas ainda há 1/3 dos pontos em disputa. Por isso, as tripulações não podem errar na reta final. Uma quebra ou um erro de estratégia – por menor que elas sejam – pode custar pontos decisivos. “Obviamente vamos ficar perto do Dongfeng Race Team”, disse Ian Walker, comandante do Abu Dhabi Ocean Racing, líder do evento. O barco árabe tem seis pontos de vantagem para o veleiro chinês na classificação geral.

O Dongfeng corre atrás do prejuízo! Depois de ter o mastro quebrado na quinta etapa, a equipe já se recuperou vencendo a perna anterior e quer tirar mais pontos. “A gente sabe que será bem difícil pegar o Abu Dhabi, mas não podemos esquecer dos que estão logo atrás no pódio. A pressão será maior, é claro, pois se a gente ganhar e eles (Abu Dhabi) chegarem em último fica tudo igual. Vamos ver o que vai ocorrer”, contou Charles Caudrelier, comandante do Dongfeng. “As primeiras 24 horas serão lentas e complicadas, a tripulação vai estar ocupada e concentrada”.

Em terceiro na tabela está o Team Brunel, seguido por Team Alvimedica e Mapfre, que estão empatados. Para o brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca, é hora de acelerar com o Mapfre. “Nosso objetivo é terminar no pódio e para isso é preciso fazer uma boa regata do começo ao fim”.

A largada deste domingo (17) teve vento médio e quase ninguém se desgarrou. Mais emoção está por vir. “Pouco vento nos espera nas primeiras 24 horas da sétima etapa. Precisamos ter atenção com saída do porto de Newport por causa do número de navios nessa região. O primeiro dia será lento até entrar no vento”, resumiu André ‘Bochecha’ Fonseca, do Mapfre.

A etapa transatlântica deve durar de seis a 10 dias. Os barcos precisam lidar bem com as correntes do golfo, os icebergs e evitar acidentes fatais, como o ocorrido em 2005-06 com o holandês Hans Horrevoets.

Foto: Ainhoa Sanchez / Volvo Ocean Race

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda

    Adolescente para lancha desgovernada e impede acidente em lago nos EUA

    Imagens gravadas por quem estava no local mostram jovem de 17 anos saltando de um jet em direção ao barco que rodopiava sem condutor

    Público do Brasília Boat Show tem desconto exclusivo em hotéis parceiros; saiba como funciona

    Visitantes do evento náutico, que atraca pela primeira vez no Lago Paranoá, poderão desfrutar de condições especiais no momento da reserva

    Navio de pesquisa de 1962 é capaz de “ficar de pé” no mar; assista em ação

    Quando na vertical, paredes internas viram pisos e móveis são adaptados para a nova posição

    Na dúvida de qual jet comprar? Confira modelos da Sea-Doo para cada necessidade

    Empresa conta com opções que atendem desde iniciantes no universo náutico até apaixonados por velocidade ou pesca