Seleção Brasileira de Vela faz último treino antes da Copa do Mundo

Por: Redação -
17/08/2022

A Seleção Brasileira de Vela – SSL Team Brazil encerrou neste fim de semana sua última fase de treinamentos visando a Copa do Mundo de Vela, SSL Gold Cup, que será em novembro, no Bahrein.

Comandada pelo maior medalhista olímpico do país, Robert Scheidt, a equipe fez regatas-treino contra outros adversários como Austrália, Argentina, Grã-Bretanha, Holanda, Suécia e Suíça.

O treinamento foi realizado a bordo do SSL 47 no Lago Neuchâtel, em Grandson, na Suíça. O barco será igual para todas as 40 equipes, que se enfrentarão numa espécie de mata-mata. O Brasil já está garantido na fase oitavas-de-final.

VEJA TAMBÉM
>> Memória Náutica: relembre como foi o São Paulo Boat Show 2003

O SSL Team Brazil treinou várias situações de regata como largada, contorno de boia e outras manobras que serão usadas nas provas do Bahrein. As disputas serão com quatro barcos e dois de cada chave avançam de fase. A decisão terá apenas uma regata.

”O treinamento foi muito produtivo com a tripulação junta nesses oito dias. Buscamos melhorar com o grupo e isso é sempre muito importante”.

Robert Scheidt, atleta da vela

”Estamos mais bem preparados para a final. Será um grande desafio, e do mesmo jeito que estamos melhorando, as outras também estão. O objetivo foi ganhar confiança para velejar regatas duras no Bahrein e estou bem contente com esses treinos”, disse Robert Scheidt, comandante da equipe.

As bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze interromperam os treinos para a campanha do Mundial de 49erFX para se juntar ao time brasileiro liderado por Robert Scheidt.

Foto: Martina Orsin

A tripulação teve ainda Alfredo Rovere, Henry Boening Maguila, Juninho de Jesus, Gabriel Borges, Mário Trindade, Joca Signorini e Henrique Haddad.

”Vestir a camisa do time é uma coisa legal. O time é formado por atletas de outras classes, times ou barcos diferentes. Os velejos são sempre muito bons, as manobras saem e eu gosto bastante”, contou Martine Grael, que tem a função a bordo de floater e apoio na estratégia geral.

Martine Grael e Kahena Kunze estão em uma temporada quase perfeita, com dois ouros e uma prata nos principais eventos europeus da 49erFx. As duas partem nesta semana para Nova Scotia, no Canadá, para o mundial da classe.

Saiba quem são os velejadores do SSL Team Brazil

Foto: Martina Orsin

Alfredo Rovere – proa
Martine Grael – estratégia & grinder
Henry Boening Maguila – grinder
Kahena Kunze – segundo trimmer e grinder
Juninho de Jesus – pit & runners
Gabriel Borges – trimmer & jib/gennaker
Mário Trindade: trimmer & grande/trav
Joca Signorini – tática e grinder
Robert Scheidt – timoneiro
Henrique Haddad (Giga) – tripulante, coach e observador.
CEO: Bruno Prada

Conheça a SSL Gold Cup

A SSL Gold Cup reúne desde seu início 56 nações entre os membros da World Sailing para coroar a melhor nação da vela a cada dois anos.

A SSL é um evento especial da World Sailing desde 2017. Como na Copa do Mundo de futebol, as primeiras rodadas de qualificação selecionam os times que avançam para as fases eliminatórias.

Todas as regatas são disputadas com flotilhas de quatro barcos em cada, até as quartas de final. As equipes serão colocadas em chaves, com os oito primeiros colocados garantidos nas quartas-de-final.

Duas flotilhas de quatro competem nas quartas-de-final para selecionar as quatro equipes que participam da única regata da Grande Final.

O vencedor da Grande Final será coroado como a Melhor Nação da Vela. A SSL criou um formato inovador. E os fogos de artifício ao final do evento prometem dar um desfecho dramático para esta incrível competição global.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial

    Schaefer Yachts anuncia barco que não afunda, ideal para resgates em alto-mar

    Com o nome de Interceptor 48 Pilot, novidade é fruto de parceria com a empresa irlandesa Safehaven Marine