Sunseeker 155 Yacht

21/01/2016

O estaleiro britânico Sunseeker divulgou recentemente as primeiras imagens da mais nova unidade do modelo 155 Yacht saindo da fábrica da marca, em Poole Harbour. Com 47,25 metros de comprimento, esta embarcação acomoda até 12 pessoas em pernoite, na suíte master, nos dois camarotes vip e nos dois camarotes duplos que podem ser convertidos em camarotes individuais. Vem, ainda, com acomodações para 10 tripulantes. A ideia do iate era criar uma conexão perfeita com o mar, com varandas laterais e portas francesas. Sunseeker 155 Yacht vem com amplo espaço a bordo e pode comportar equipamentos para wakeboard ou jets. Sua propulsão fica por conta dos motores MTU 16V4000, que fornece uma velocidade máxima de 24 nós.

Este é a segunda unidade da série 155 Yacht da Sunseeker e o maior iate já produzido pelo estaleiro até hoje. O primeiro casco do modelo foi entregue em 2014 para Eddie Jordan, ex-chefe da equipe de F1 Jordan Gran Prix e comentarista das corridas na BBC.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingwww.nautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial