SUP no Guarujá

Por: Redação -
05/02/2016
groupl of people stand up paddleboarding

O projeto SUP Para Todos, que começou nas praias cariocas, neste verão, vai animar as praias do litoral paulista. Neste fim de semana de carnaval, a Praia de Pernambuco, no Guarujá, receberá a iniciativa do esporte que une surfe e remos, com aulas gratuitas deste esporte relativamente novo no país e que atrai cada vez mais adeptos.

As oficinas acontecerão nos dias 6 e 7 de fevereiro, das 9h às 17h. Para participar, basta se cadastrar diretamente no local (Avenida Marjori Prado, altura do número 870, na esquina com a avenida das Américas, Praia do Mar Casado, Pernambuco). O SUP pode ser realizado por pessoas de todas as idades com grandes benefícios à saúde, como o equilíbrio e consciência corporal. A prancha, remos, corda de segurança e lycras serão emprestados pelo projeto para que todos possam experimentar o esporte.

Para mais informações sobre o processo, acesse www.supparatodos.com.br.

Foto: Fotolia

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda