Tetrahedron

16/02/2016

Criado pelo arquiteto Jonathan Schwinge, o projeto Tetrahedron vem ganhando força desde 2010, quando foi apresentado pela primeira vez. O conceito básico envolve um casco trimarã subaquático que pode elevar a principal área de estar acima da água enquanto navega a cerca de 15 nós. Após a união de Schwinge com Marcel Müller, da Inmainco Visionary Marine Management, a produção do modelo pode estar próxima. Segundo Jonathan Schwinge, “o projeto está em sua fase inicial de engenharia e o protótipo virá mais tarde”.

Com formato de pirâmide, a embarcação tem 70 pés e levará em sua composição fibra de carbono e superestrutura de aço inoxidável. Tetrahedron teria espaço de alojamento suficiente para seis pessoas e quatro tripulantes. A velocidade máxima prevista é de 38 nós, com um alcance máximo de cruzeiro de 3 000 nm.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingwww.nautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Catamarã elétrico de startup vence concurso e fará parte da autoridade marítima de Singapura

    Embarcação participa do projeto singapurense que pretende acabar com emissões portuárias até 2050

    Casas flutuantes em alta: conheça as mais luxuosas do mundo

    Inspire-se com cinco modelos das moradias sobre as águas que estão fazendo a cabeça dos milionários

    Com dois barcos de 19 pés, Ross Mariner mostra lançamento no Rio Boat Show 2024

    Boas opções de entrada, embarcações estarão no salão, de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    NÁUTICA Talks recebe Marina Bidoia, mais jovem velejadora a concluir a Refeno

    Velejadora realizou o trajeto Recife-Fernando de Noronha aos 24 anos, e vai levar experiência ao Rio Boat Show 2024

    Posto flutuante da rede Golfinho estará no Rio Boat Show 2024

    Loja de conveniência batizada de WayPoint também será apresentada de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória