Vela brasileira

Por: Redação -
09/08/2016

O jovem velejador Jorginho Zarif, representante do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016 pela Classe Finn, fez sua estreia na tarde desta terça-feira, 9, na Arena Marina da Glória, onde tiveram início as regatas classificatórias. Nas duas primeiras competições, Jorginho alcançou, respectivamente, o 4º e o 6º lugar. Aos 23 anos, Jorginho já carrega títulos de campeão mundial, bicampeão mundial junior, bicampeão sul-americano, tetracampeão brasileiro, participação na Olimpíada de Londres, além de ter sido eleito o melhor atleta olímpico brasileiro em 2013. O atleta é um dos favoritos da Classe Finn e uma das nossas maiores promessas, não só pelas conquistas recentes, mas também por ser íntimo da raia da Baía de Guanabara. 

Incentivado pelo pai, Jorge Zarif, Jorginho iniciou no esporte na escolinha do Yacht Club Paulista, às margens da Represa de Guarapiranga, em São Paulo. Percebendo o desinteresse do filho, Jorge levou Jorginho, então com 9 anos, para velejar no mar, em um barco de 30 pés. Aí, as coisas mudaram. “O barco era mais rápido e eu gostava de tudo a bordo, da quantidade de tripulantes, das manobras e até das brigas entre os adultos. Foi quando tomei gosto pelo esporte”, diverte-se. Com o tempo, Jorginho migrou para a classe Finn, aproveitando o tipo físico ideal para a categoria (1,91 m de altura e 95 kg) e por causa do apelo emocional, já que seu pai era velejador de Finn e chegou a vencer uma regata da Finn Gold Cup — coincidentemente, na Baía de Guanabara.

Foto: Pedro Martinez

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingwww.nautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina