Vitória em Miami

Por: Redação -
09/03/2015

Terminou neste sábado em Miami a 88ª edição da Bacardi Cup, a segunda competição mais tradicional da classe Star do mundo. E pela segunda vez consecutiva o Brasil subiu no lugar mais alto do pódio com Lars Grael e Samuel Gonçalves. Jorge Zarif e Bruno Prada, Dino Pascolato e Henry Boening, e Torben Grael e Guilherme Almeida também representaram muito bem o país, terminando na segunda, quarta e sexta colocações respectivamente.

“Ganhar esta competição de virada foi um resultado muito importante para mim e para o Samuel. Poucas vezes na história da competição uma dupla conseguiu vencer duas vezes seguidas e fiquei muito feliz em ter sido homenageado por vários velejadores famosos”, disse Lars.

Lars e Samuel começaram o campeonato na terceira colocação geral, mas a vitória na última regata e a entrada do descarte do pior resultado fizeram com que eles superassem Jorginho e Bruno por dois pontos.

“O vice-campeonato de Jorginho Zarif também é um resultado muito importante para a vela brasileira. Ele vem de uma família com bastante tradição no esporte e na classe Star e é campeão mundial e mundial Junior da classe Finn, tendo conquistado recentemente o terceiro lugar na final da Star Sailors League. Bruno Prada também merece destaque, já que é o melhor proeiro do mundo, possui três títulos mundiais e duas medalhas olímpicas.

Parabenizo também o Dino Pascolato, que é um apaixonado pela classe Star e mesmo correndo na categoria máster conquistou o quarto lugar geral. Torben e Guilherme também estiveram sempre entre os primeiros, inclusive vencendo uma das regatas. Este resultado mostra que a classe Star segue sólida e forte no Brasil, com muitos velejadores de renome”, completa Lars.

A Bacardi Cup é um evento bastante tradicional, que teve seu início em 1927 com a família Bacardi, fabricante do Rum, em Cuba. Em 1962, com a revolução cubana, o troféu foi transferido para o Coral Reef Yacht Club, em Miami. Depois do título mundial este é o mais cobiçado da categoria. O Brasil esteve presente em muitas destas edições, mas só venceu a competição pela primeira vez em 2014, com Lars e Samuel, depois do vice-campeonato de 2013 com Marco Lagoa.

Foto: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Público do Rio Boat Show 2024 tem desconto exclusivo em hotel oficial

    Bem localizado, Novotel Leme oferece condições especiais para visitantes do maior salão náutico da América Latina

    Visita de mergulhador a restos de baleia vence concurso de fotos subaquáticas do mundo; veja imagens

    Competição de fotos de dentro do mar acontece anualmente e conta com diversas categorias

    Filmagem de primeiras ondas de tsunami na Tailândia viraliza 20 anos após desastre

    De férias no local, homem filmou, sem saber, o início do fenômeno de 2004; assista ao vídeo

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda