Volta ao Mundo

Por: Redação -
05/07/2016

O primeiro barco da edição 2017-18 da Volvo Ocean Race será holandês. O Team AkzoNobel – leva o nome da empresa global de tintas e revestimentos sediada em Amsterdã – terá o local Simeon Tienpont no comando da equipe.

O atleta vai para sua terceira edição da Volta ao Mundo após correr no ABN AMRO TWO em 2005-06 e Team Vestas Wind na temporada anterior. No seu currículo tem também dois títulos da America’s Cup com o Oracle Team USA. “Estou muito honrado e animado para ser o comandante do Team AkzoNobel, mal posso esperar para começar. O nosso foco será no desempenho”, disse.

Conrad Keijzer, integrante do Conselho Executivo da AkzoNobel falou, no evento de lançamento desta terça-feira (5), que a Volvo Ocean Race oferece uma plataforma de storytelling e de construção de marca sem igual. “A empresa pode aumentar as possibilidades de negócios, atrair talentos e criar um sentimento de orgulho e entusiasmo entre os funcionários com a campanha. Simeon é um verdadeiro líder que coloca a segurança e o trabalho em equipe em primeiro lugar”.

Mark Turner, CEO da Volvo Ocean Race, comemorou a entrada holandesa: “É emocionante que o nosso primeiro anúncio da equipe tenha ocorrido agora. O time é apoiado por uma marca global e conta com um comandante que fará a função pela primeira vez. Esses são três grandes pontos positivos para a Volvo Ocean Race”.

Turner continuou: ”A rota para a próxima edição contará com mais ação, mais velocidade, milhas mais difíceis e mais locais de parada, mas será uma regata mais curta – levando a volta ao mundo perto de suas raízes. Ao mesmo tempo vamos melhorar a sua forte ação comercial e excelente plataforma de negócios para os patrocinadores”.

O Team AkzoNobel representa um país com uma conexão especial com a Volvo Ocean Race. Aos todo, três equipes holandesas foram campeãs – 1977-78, 1981-82 e 2005-06. Além disso, o lendário Conny van Rietschoten continua sendo o único comandante na história da regata a ter vencido duas edições consecutivas, e Tienpont, que ganhou o prestigioso troféu Conny van Rietschoten – a maior honraria da vela da Holanda em 2013 – se orgulha em seguir os passos do chamado ‘Flying Dutch’.

“Conny van Rietschoten trouxe o evento, então chamado o Whitbread, para um nível totalmente novo. Ele construiu seu barco em um excelente estaleiro holandês e recrutou atletas profissionais em todo o mundo”, disse o novo comandante.

O anúncio da equipe vem menos de uma semana depois de a Volvo Ocean Race revelar seu novo percurso para a próxima edição do evento. Os barcos devem navegar três vezes mais pelos mares do sul do que na prova passada. A largada será em Alicante, na Espanha, em 2017. Ao todo serão 45 000 milhas náuticas de regata.

Foto Ricardo Pinto / Volvo Ocean Race

 

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Casarini Boats levará mistura de bote com jet ao Rio Boat Show 2024

    Embarcação inovadora será um dos destaques do evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    No NÁUTICA Talks, Paula Vianna mergulha nos desafios da fotografia subaquática

    Vencedora de concursos internacionais, fotógrafa é presença confirmada no Rio Boat Show 2024

    Série de NÁUTICA com família a bordo de barco centenário já tem data de estreia

    Com 10 episódios, “A Europa como você nunca viu” acompanhará um casal, uma criança e um cachorro pelos canais dos Países Baixos

    NÁUTICA Talks: velejador Silvio Ramos palestra sobre "cruzeiro dos sonhos" no rio Amazonas

    Criador do BRally, o empresário contará como foi a circum-navegação, em bate-papo que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

    Governo abre inscrições para curso gratuito de Condutor de Turismo Náutico

    Formação, totalmente online, foi criada em parceria do Ministério do Turismo com Universidade Federal Fluminense