Rumo ao Brasil

Por: Redação -
17/03/2015

A largada da quinta etapa da Volvo Ocean Race, entre Auckland, na Nova Zelândia, e Itajaí, no Brasil, está confirmada para hoje, às 18h (Horário de Brasília). A partida será com três dias de atraso por causa do ciclone Pam, que entrou com força no Oceano Pacífico Sul.

Depois de uma reunião com os seis comandantes dos barcos e de analisar os dados meteorológicos, a organização concluiu que estava na hora de partir para evitar danos às tripulação e materiais. “O ciclone Pam está sob a Nova Zelândia. A maioria das rotas de saída desta etapa caem no centro do fenômeno. Achamos uma brecha, mas as equipes devem pegar até 40 nós e ondas enormes”, disse o CEO da Volvo Ocean Race, Knut Frostad. O ciclone Pam fez estragos em Vanuatu, uma pequena ilha da Oceania.

As equipes já pensam na estratégia para os primeiros dias da regata, que terá ao todo 6 776 milhas náuticas ou 12 550 quilômetros. “Não foi uma decisão fácil para a Volvo Ocean Race, realmente. O ciclone está passando e é muito poderoso”, explicou Iker Martínez, comandante do Mapfre. “Se você avançar mais cedo pode encontrar uma grande confusão com esses ventos fortes, que acabam sendo complicados de navegar. Se for muito depois pode não pegar vento”.

veja o vídeo sobre esta etapa da Volvo Ocean Race:

Foto: Victor Fraile / Volvo Ocean Race

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show do ano 2000

    Terceira edição do evento teve de lancha sendo construída ao vivo a tanque de mergulho de 5 m de profundidade

    Com propulsão eólica, Airbus terá frotas marítimas contra emissões de dióxido de carbono

    Gigante da indústria aeroespacial terá velas rotativas e motores biocombustíveis; entenda

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária