VTR 350 FB

Por: Redação -
22/07/2016

Catamarãs não são barcos muito populares no Brasil. Movidos a motor, menos ainda. Mas, aos poucos, isso está mudando — e quem comparar o espaço e a estabilidade que estes barcos oferecem em relação as lanchas convencionais do mesmo porte optará na hora pelos dois cascos. Por isso, o jovem estaleiro catarinense Sec Boats escolheu um (bom) catamarã para estrear no mercado: o VTR 350 FB, um projeto australiano da empresa Schionnning, com 40 anos de experiência em multicascos, que eles começaram, no ano passado, a produzir no Brasil. O barco tem 35,5 pés de comprimento (mas com espaço de mais de 40!), largo emprego de espuma de PVC rígida da Divinycell na estrutura, três camarotes, sala, cozinha (externa), capacidade para seis pessoas dormirem a bordo e flybridge, que, opcionalmente, pode ter um segundo posto de comando. Você pode conferir tudo sobre o modelo na edição de NÁUTICA do mês de julho, já nas bancas de todo o país e na loja online.

Foto: Mozart Latorre

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingwww.nautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Casarini Boats levará mistura de bote com jet ao Rio Boat Show 2024

    Embarcação inovadora será um dos destaques do evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    No NÁUTICA Talks, Paula Vianna mergulha nos desafios da fotografia subaquática

    Vencedora de concursos internacionais, fotógrafa é presença confirmada no Rio Boat Show 2024

    Série de NÁUTICA com família a bordo de barco centenário já tem data de estreia

    Com 10 episódios, “A Europa como você nunca viu” acompanhará um casal, uma criança e um cachorro pelos canais dos Países Baixos

    NÁUTICA Talks: velejador Silvio Ramos palestra sobre "cruzeiro dos sonhos" no rio Amazonas

    Criador do BRally, o empresário contará como foi a circum-navegação, em bate-papo que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

    Governo abre inscrições para curso gratuito de Condutor de Turismo Náutico

    Formação, totalmente online, foi criada em parceria do Ministério do Turismo com Universidade Federal Fluminense