Waterscape

15/02/2016

O mercado de flutuante está cada vez mais abrangente e tem como uma de suas novidades a Waterscape, uma plataforma modular flutuante única que pode ser modificada e disposta de diferentes maneiras. Projetada pelo designer Alexander Lotersztain para a Superior Group (empresa especializada na construção de plataformas para a indústria), a plataforma pode ser utilizada de variadas formas: como pista de dança, terraço, doca, heliponto, estande para vendas, etc. Assim, sofás, caixas térmicas, para-sol ou, ainda, geradores elétricos estão entre os muitos acessórios possíveis para equipá-la.

O nível de flutuabilidade pode ser ajustada para permitir que a plataforma permaneça estática apesar do movimento da água. Um guarda-boias instalado em torno da estrutura, evita o choque quando um barco está atracado. Além disso, os acessórios para esta “pequena ilha quadrada” foram feitas com produtos resistentes ao tempo e aos estragos que podem causar a água. A Waterscape pode ser iluminada com lâmpadas LED e a luz pode ser controlada por um controle remoto.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade