Azimut Yachts apresenta novo carro-chefe da linha S. Confira as primeiras imagens do iate

Por: Redação -
13/06/2019

A Azimut Grande S10, o novo carro-chefe da Coleção S, é resultado da colaboração com o designer Alberto Mancini, trabalhando pela primeira vez com o estaleiro em Avigliana. O modelo une elegância, arquitetura moderna e personalidade esportiva do design automotivo em seus 28 metros de comprimento.

Altamente considerado pela sua abordagem purista, Mancini inspira-se habitualmente nos mundos aeroespacial e automóvel, que conhece muito bem devido à sua formação como designer de automóveis. A Azimut Grande S10 traz linhas fluidas combinadas com a promessa de desempenho. Com este modelo, a Azimut Yachts pretende exceder padrões usuais de mercado para traçar um novo rumo para toda a indústria.

O iate conta com conveses em vários níveis levando gradualmente até a água e um deque deixado totalmente livre oferece um mirante elevado sobre o mar. É também um espaço que o proprietário pode usar como preferir. Com espreguiçadeiras, por exemplo, que podem ser removidas, ou criar o espaço ideal para uma festa à noite, ou equipado com uma área de jacuzzi, ou um salão.

O acesso ao clube de praia no nível da água é feito em degraus ocultos, em uma solução inovadora que deixa o painel de popa com linhas ainda mais limpas. As configurações externas e internas, como a área de estar, comunicam-se por meio de portas totalmente recuadas, enquanto materiais semelhantes e tons de cores acentuam a continuidade entre espaços externos e internos.

LEIA TAMBÉM
>>Sessa F5X: conheça a nova lancha que a Intech Boating irá lançar no Brasil
>>Primeiro iate de experiências do mundo tem saída inaugural prevista para agosto
>>2ª etapa da Copa Suzuki terminou neste fim de semana em Ilhabela

Os toques esportivos deste modelo são expressados pelas formas utilizadas e pela escolha dos materiais. O carbono que começou como uma decisão técnica é, agora, também uma característica do estilo: com sua poderosa fibra preta à vista, define as bordas das aletas laterais que se inclinam em direção à proa. O carbono também substitui a clássica manopla de aço.

Foi feito um estudo meticuloso de como a luz do sol e seus reflexos refletem a água nas superfícies e seções do iate, esculpindo e enfatizando suas belas linhas. As formas aerodinâmicas também são ressaltadas e enriquecidas pelo design de iluminação, no qual as fontes de luz ocultas tornam cada ambiente mais vivo e intrigante. A luz destaca as características estilísticas do iate. A escada central também, que leva até o flydeck, torna-se um importante recurso de design feito de carbono e luz.

Finalmente, a superestrutura se destaca pelo desenvolvimento horizontal de suas superfícies, que são projetadas com cortes limpos e cores contrastantes para não penalizar as linhas esportivas e acomodar um flybridge de tamanho generoso.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial