Centro Sul-americano

Por: Redação -
22/10/2015

Mais três regatas realizadas no Centro Sul-americano de Laser Radial nesta quarta-feira em Porto Alegre no Veleiros do Sul. Foi um dia com bom vento, apesar do tempo fechado, permitindo a conclusão das regatas previstas — uma a mais após a terça-feira sem disputas em função do mau tempo. O catarinense Alex Veeren segue na liderança com quatro pontos, porém agora acompanhado de perto pelo carioca Gustavo Nascimento, que obteve hoje duas vitórias e surge na disputa por um lugar no pódio com oito pontos perdidos. Veja os resultados até a quinta regata.

O clássico vento sul, bem marcante na raia do Guaíba, soprou constante com cerca de 15 nós de intensidade nas três regatas, consideradas parelhas pela Comissão de Regatas, permitindo disputas rápidas. As condições não tiraram a liderança de Alex Veeren, mas colaboraram para que Gustavo Nascimento se aproximasse do líder. “Hoje tivemos tempo nublado e frio, mas deu tudo certo. Estou com dois primeiros e um segundo, agora vamos ver como vai ser amanhã, mas se continuar esse vento, posso esperar por um outro dia intenso como hoje”, disse o catarinense o Iate Clube de Santa Catarina.

Para o carioca Gustavo, que ascendeu na súmula após a entrada do primeiro descarte e duas vitórias nesta quinta, o vento forte foi um aliado. “Ventou um pouco mais hoje do que no primeiro dia, a gente fica mais confortável com um pouco mais de vento, dá para render mais. Já velejei aqui em 2013, eu conheço bastante a raia”, afirmou o velejador do Iate Clube do Rio de Janeiro. Porém, em número de pontos, Gustavo está empatado com o gaúcho Philipp Grochtmann, do Veleiros do Sul, que vem em terceiro lugar.

Odile Ginaid segue liderando a disputa feminina no oitavo lugar geral, porém agora com a peruana Paloma Schmidt em segundo (8º geral) e com a velejadora da Equipe Brasileira de Vela Olímpica Fernanda Decnop — que garantiu um segundo lugar na segunda regata do dia — em terceiro lugar (10º geral).

Nesta quinta-feira (22), muda um pouco o cronograma. Será realizada pela manhã a última regata classificatória a partir das 11h da manhã. Com o fim da etapa classificatória, a flotilha será dividida em ouro (até o 43º) e prata (a partir do 44º colocado) para a série final, com duas disputas previstas para o início da tarde.

Participam do Centro Sul-americano de Laser Radial 85 velejadores vindos da Argentina, Bermudas, Brasil, Chile, Equador, Guatemala, Peru, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O Campeonato Centro Sul-Americano de Laser tem apoio Jimo, Equinautic e ITrax Composites.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Peixe-lua encontrado em praia dos EUA pode ser o maior já registrado na história

    Espécie rara de 2,2 metros foi encontrada já sem vida na cidade de Gearhart, no estado de Oregon

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares