Conheça os vencedores da 72ª Regata Santos-Rio

Tradicional competição começou dia 4, partindo do Iate Clube de Santos até o Iate Clube do Rio de Janeiro

07/11/2022
Foto: Balaio de Ideias

A Rudá Asa Alumínio, de 43 pés, foi a embarcação campeã da classe ORC na 72ª Regata Santos-Rio, a regata oceânica mais antiga do país. No tempo corrigido, o barco do Guarujá finalizou a prova à frente do Phoenix (ICS) e do Maestrale 4 (ICRJ).

 

Já na categoria VPRS, quem venceu foi a equipe do Loyalty 06 (VDS/ ICRJ). Em segundo lugar ficou a embarcação Ventaneiro 3 (ICRJ) e fechando o pódio a equipe do Xamã Matrix (ICS) — barco vencedor da Santos-Rio em 2021, com 37h29m20 no percurso de 200 milhas náuticas (360 km).

Foto: Balaio de Ideias

Foi uma regata com muitas mudanças na direção do vento. Não foi uma prova muito pesada em termos de mar, mas exigiu várias decisões e estratégias. Foi uma vitória inesperada – Mario Martinez, comandante do Rudá

A equipe liderada por Mario tem base na Marina Supmar e no Clube Internacional de Regatas fez toda a prova em exatos 39h28min54s.

 

A Fita Azul ficou com o barco gaúcho Crioula, de 52 pés. A equipe do velejador olímpico Samuel Albrecht marcou 27h3min11s, mas ficou em quinto lugar.

 

 

O barco Phoenix teve como timoneiro o bicampeão olímpico Torben Grael. Ele segue invicto como vencedor geral da competição, com seis títulos acumulados. O ganhador de cinco medalhas olímpicas ainda revelou que a estratégia escolhida pelo seu time foi de navegar próximo da costa, pois, assim, seu barco tinha um bom ângulo em relação ao vento.

Foto: Balaio de Ideias

Quem também adotou a mesma estratégia foi a embarcação terceira colocada na classe ORC, a Maestrale 4. O almirante Adalberto Casaes pontuou que os companheiros tinham uma difícil decisão: ou se abriam para o mar ou ficavam mais perto da costa.

 

Alexandre Leal, comandante do Loyalty, contou ter sido ótima a experiência de vencer na categoria VPRS — classe que, segundo ele, dá um equilíbrio maior para os barcos modernos.

Procurei um projetista para adequar as velas ao regime de ventos da costa brasileira, por isso o Loyalty ganhou mais velocidade – Alexandre Leal, comandante do Loyalty

Foto: Balaio de Ideias

 

Confira os vencedores da 72ª Regata Santos-Rio

ORC: Rudá Asa Alumínio

VPRS: Loyalty 06

BRA-RGS: Força Maior

Fita Azul: Crioula

Clássicos: OKA

 

Por Felipe Yamauchi, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Tanzanite: megaiate de 120 metros será um dos maiores já feitos na Holanda

    Novo carro-chefe do estaleiro Amels, embarcação de luxo será uma das maiores já feitas na Holanda

    Adegas rifam vinho de R$ 5 mil, envelhecido no fundo do mar, para ajudar RS

    Empresas já arrecadaram mais de R$ 100 mil com bilhetes vendidos a R$ 10 cada

    Temporada de baleias: confira regras e onde avistar o animal no Brasil

    De junho a novembro, cetáceos saem da Antártica em busca das águas brasileiras para se reproduzirem

    Cidade perdida no meio do Pacífico tem localização remota e mistério sobre sua construção

    Localizada sobre um recife de corais, a cidade perdida de Nan Madol tem fama de "amaldiçoada" e intriga cientistas

    Registro raro: lula de mar profundo ataca câmera com tentáculos “acesos”; assista

    Filmagem mostra animal sendo atraído por isca presa a uma câmera a mais de mil metros de profundidade no Pacífico Sul