Descobrindo a vela

Por: Redação -
04/03/2016

O projeto Descobrindo a Vela, promovido pela Escola de Vela Barra Limpa, reuniu mais de 100 crianças no último fim de semana, no Clube dos Jangadeiros. Além de dar a oportunidade de jovens de 7 a 14 anos participarem de uma aula prática experimental, a iniciativa integrou famílias, aproximou os participantes da natureza e do Guaíba e mostrou a importância que o esporte pode ter na formação.

Além dos velejaços que envolveram crianças, jovens e os pais, houve ainda almoço de integração, homenagem à Flotilha da Jangada, reconhecida como a melhor no 44º Campeonato Brasileiro de Optimist, realizado em Jurerê.

Um dos mentores do projeto e entusiasta da formação de novos atletas, Alexandre Paradeda, o multicampeão Xandi, vice-comodoro de Esportes do Clube, comemorou o sucesso do evento. “Atingimos nosso objetivo por conseguirmos reunir tantos jovens, entre sócios e não-sócios. A nossa ideia era abrir o clube e apresentar o esporte a quem não tem contato com a vela, mas não esperávamos tamanha adesão”, comentou.

Durante o dia de atividades, o Clube também apresentou o plano de ação voltado a captar novos sócios e a facilitar o desenvolvimento do esporte, buscando incentivar a prática da vela competitiva e de lazer. Entre os benefícios oferecidos a novos sócios estão descontos nas despesas de matrícula e facilidades para aquisição de equipamentos.

Os alunos não-sócios matriculados na Escola de Vela para o curso de iniciação à classe Optimist, que dura entre quatro e seis meses, terão os pais e irmãos convidados a frequentar o clube, sem ônus, no período de duração do curso. Além disso, a Escola de Vela Barra Limpa oferecerá cursos gratuitos por seis meses para novos sócios e seus dependentes. O clube também manterá premiações aos velejadores campeões, como isenções de mensalidades.

Foto: Antônio Oliveira

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Vírus gigante encontrado no Ártico pode amenizar efeitos do aquecimento global

    Estudo aponta que o organismo, mil vezes maior do que o vírus da gripe, consegue desacelerar o derretimento do gelo; entenda

    Estrada de pedra de 7 mil anos atrás é registro da história no fundo do Mar Adriático

    Cerâmicas e outros artefatos encontrados no local são vestígios que podem ter pertencido a antiga civilização de Hvar, na Croácia

    Curtir paisagens com água diminui a frequência cardíaca, apontam estudos

    Efeito positivo da água sobre a pressão arterial foi comprovado em três experiências com humanos

    Estaleiro holandês Feadship lança seu primeiro superiate movido a energia solar

    Embarcação de 59,5 metros representa mais um passo da marca rumo ao objetivo de ser neutra para o clima até 2030

    Mestra levará seu maior barco ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro estará no evento náutico com três opções de lanchas que vão de 29,5 pés a 35 pés