Miami Boat Show começa nesta quinta. Confira

14/02/2019

Espera-se que cerca de 100 mil visitantes de todo o mundo percorram o sul da Flórida até domingo para o Miami International Boat Show (MIBS), Miami Yacht Show e Super Yacht Miami, com quase 2 mil barcos e mil expositores da área náutica.

O Strictly Sail Show, que acontecia separadamente, foi fundido no MIBS e renomeado Sailor’s Cove, com 75 veleiros exclusivos de todos os tamanhos, enquanto o Miami Yacht Show foi transferido para um local maior no centro da cidade depois de 30 anos em Miami Beach. Os eventos trazem cerca de US $ 850 milhões para a economia local.

Uma vitrine tradicional para lançamentos de novos produtos de fabricantes em todo o mundo, datas comemorativas e potência de combustível alternativo são um tema comum para o MIBS deste ano.

LEIA TAMBÉM
>>Retomada do mercado náutico movimenta litoral de SC nesta temporada de verão
>>Projeto do maior megaiate particular do mundo prevê cassino e galeria de arte
>>Novo iate de 27 metros da Azimut Yachts será fabricado no Brasil

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade