Navegador argentino cruza o Atlântico para ver seus pais em meio à pandemia

Por: Redação -
22/06/2020

“Missão cumprida”, afirma Juan Manuel Ballestero, um navegador argentino que, sem voos disponíveis, há pouco menos de três meses seguiu seu objetivo de voltar a ver seus pais idosos em meio à pandemia. “Consegui, consegui, consegui!”, disse à AFP. Aos 47 aos, e após uma extenuante travessia de 85 dias, Ballestero chegou ao Mar del Prata, sua cidade, em um dia de tempestade na última semana. Após fazer um teste para o novo coronavírus e testar negativo, pode desembarcar em terra firme para ver seus pais, Nilda e Carlos, de 82 e 90 anos, respectivamente.

“Consegui o que estive tentando nos últimos três meses. Tratou-se disso, de estar com a família, por isso vim”, afirma o homem que pretendia chegar à Argentina no último 15 de maio para os 90 anos do seu pai, com quem finalmente conseguiu comemorar o Dia dos Pais neste domingo (21).

LEIA TAMBÉM
>> As 7 dúvidas mais frequentes sobre a escolha do cabo adequado para um barco
>> Primeiro museu subaquático do hemisfério sul é inaugurado na Austrália
>> Marinha alerta para ventos de até 60 km/h na faixa litorânea de estados do Nordeste

Ballestero, que mora na Espanha onde trabalha com passeios marítimos, resolveu viajar pelo mar à Argentina para visitar seus pais, quando em meio à pandemia todos os voos e conexões aéreas a partir do seu país foram cancelados.

Durante a travessia “escutava que morriam pessoas todos os dias, milhares”, e “estava em meio à natureza, vendo o mundo continuar, com golfinhos e baleias… e a humanidade passando por esse momento tão difícil”, reflete.

Durante um período de 54 dias sua família não teve notícias dele. Mas “sabíamos que ele iria chegar, não tínhamos dúvida”, enfatiza seu pai, Carlos. A primeira escala da viagem de 12 000 km foi Vitória, no Espírito Santo, e a última antes de chegar foi em La Paloma, no Uruguai.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina

    Fountaine Pajot leva catamarã de 16 metros ao Rio Boat Show 2024

    Aura 51 é o maior catamarã a vela sem flybridge do estaleiro francês e estará no evento náutico de 28 de abril a 5 de maio