Classe C30 terá nova tripulação em barco de Ilhabela. Conheça

Por: Redação -
30/03/2021

A tradicional embarcação da Classe C30, eCycle +Realizado, assídua nas regatas de vela oceânica em Ilhabela, iniciará a temporada de 2021 sob comando do experiente velejador Alessandro Penido, de São José dos Campos (SP). A tripulação anterior, comandada por José Luis Apud, presente nas raias por quase dez anos, contribuiu efetivamente para que a Classe C30 se tornasse mais competitiva a cada regata e a cada ano.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O barco permanecerá em Ilhabela, deixando o Pindá Iate Clube para se estabelecer no Grêmio de Vela, vizinho ao Yacht Club Ilhabela (YCI). Passará a se chamar Kairós (oportunidade, em grego). “A ideia é de correr regatas neste ano a título de aprendizado, fazer os testes e ajustes que sempre são necessários. Os investimentos mais pesados ficarão para 2022, quando já teremos condição de pensar em competições”, prevê Penido, com parentesco distante do campeão olímpico da Classe 470 nos Jogos de Moscou, em 1980, Eduardo Penido.

A Classe C30 será um desafio para o velejador com larga experiência a bordo. O início na vela foi no Colégio Naval em Angra dos Reis (RJ) na Classe Laser. Na Escola Naval, no Rio de Janeiro, comandou o Sargaço na década de 1990 e também velejou na Classe Soling. Em 2005 integrou a equipe de vela da Marinha do Brasil na disputa da Classe J-80 no Campeonato Militar em Brest, França.

LEIA MAIS:

>> Scheidt supera rivais europeus da classe Laser e conquista título em Lanzarote, na Espanha

>> 36ª America’s Cup: com vitória do Team New Zealand, taça segue em casa

>> 7º Rally dos Mares, entre Salvador e Ilhéus, bate novo recorde com participação de 180 jets

Em 2005 Penido optou por uma pausa na vela. Retornou em 2013 e, desde 2018, disputa as competições em Ilhabela na Classe HPE 25 como timoneiro do Azzurro, barco que pretende transferir para a Represa Guarapiranga, em São Paulo. “Beto de Jesus, timoneiro do Kaikias Via Itália, também da C30, incentivou-nos a ingressar na classe e resolvemos entrar no projeto. Quero começar a aprender com calma, fazer algumas clínicas e na hora certa partir para as competições”, considera o comandante Penido.

A estreia do Kairós em Ilhabela deverá ser na primeira das quatro etapas da 21ª Copa Mitsubishi (Copa Suzuki até 2020). A etapa de abertura da competição, com sede no YCI, estava prevista para 6, 7, 13 e 14 de março, mas foi adiada, sem data definida, devido às restrições impostas pelo governo do estado diante do agravamento da pandemia do coronavírus. O atual campeão é o Caballo Loco, que também conquistou o inédito título brasileiro em 2020.

Gostou desse artigo? Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações para ser avisado sobre novos vídeos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Peixe-lua encontrado em praia dos EUA pode ser o maior já registrado na história

    Espécie rara de 2,2 metros foi encontrada já sem vida na cidade de Gearhart, no estado de Oregon

    Linda e precária: ilha no Caribe Colombiano é a mais densamente povoada do mundo

    Com 10 mil m² de área, Santa Cruz del Islote tem apenas 825 habitantes e sofre com turismo predatório

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares