Paraná reduz impostos para fabricantes e revendedores do mercado náutico

Governo paranaense anunciou uma série de benefícios fiscais que representam vitória para o setor

Por: Redação -
03/04/2024

O governo estadual do Paraná anunciou uma série de benefícios fiscais para o setor náutico, a exemplo do que já acontece em outros estados. A redução de impostos vai abranger, com diferentes alíquotas, tanto a indústria de barcos com fábricas no Paraná quanto as revendas que atuarem no estado.

Na prática, para quem produz, a redução chega aos 21,5%, uma vez que o imposto cai de 25% para 3,5%. Já para quem revende, esse número vai dos 25% para os 7% de imposto, sendo que os efeitos dos novos decretos entraram em vigor em 1º de abril.

Este é o melhor benefício para o mercado náutico do Brasil atualmente– Eduardo Colunna, presidente da Acobar

Considerada uma vitória para o setor, a proposta de benefício para o mercado náutico foi intermediada pelo presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin. A sugestão foi acatada por Ratinho Júnior, governador do estado, que publicou o decreto na última semana.


Eduardo Colunna, à frente da Acobar, foi quem apresentou a ideia a Bekin, quatro anos atrás. Com a missão de fortalecer a indústria náutica brasileira, o presidente da Acobar iniciou as conversas a respeito do tema no São Paulo Boat Show de 2020, realizado na raia da USP.

É uma ótima oportunidade para estaleiros já consolidados em outros estados abrirem uma filial no Paraná– aponta o presidente da Acobar

De acordo com os decretos 5317 e 5318, ambos publicados em 27 de março de 2024, a base de cálculo do imposto foi reduzida nas saídas de embarcações de recreação ou de esporte, e poderá ser concedido diferimento do pagamento do imposto devido na importação de máquinas, equipamentos, peças, partes e acessórios de mercadorias destinadas à utilização como matéria-prima.

 

Triton Yachts, Fluvimar, Victory Yachts e Quest Boats são alguns dos fabricantes de barcos de lazer presentes no Estado.

 

Confira o texto completo do decreto 5317 e do decreto 5318.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024

    Canal Náutica no YouTube fará cobertura ao vivo do Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transmissão ao vivo todos os dias