Festival leva barcos tradicionais da China para navegar na Raia da USP, em São Paulo

Embarcações com forma de dragão terão sobreviventes do câncer de mama como remadoras

10/08/2023
Foto: Ibrachina/ Divulgação

Barcos em forma de dragão vão navegar na capital paulista no sábado, dia 12, quando a cidade de São Paulo receberá o Dragon Boat Festival. A iniciativa percorre o Brasil celebrando a cultura milenar dos barcos chineses e terá mulheres sobreviventes do câncer de mama remando pela Raia Olímpica da USP.

Pela primeira vez em São Paulo, a competição será aberta ao público, com entrada gratuita. Além de assistir à disputa, alguns visitantes poderão ter uma experiência navegando com o barco-dragão, mediante inscrição em um workshop.

Foto: Ibrachina/ Divulgação

O festival acontece em homenagem ao Dia Internacional da Imigração Chinesa no Brasil, comemorado no dia 15 de agosto, e será realizado pelo Chinese Bridge Club de São Paulo.

 

Quatro equipes brasileiras de Dragon Boat vão participar da competição: Remama, de São Paulo; Associação Canomama, de Brasília; Nina Rosa, de Santos, e Umauma Dragon Boat Brasil, também de São Paulo.

Foto: Reprodução/ Canomama

No entanto, antes de entrarem na disputa, as competidoras já podem ser consideradas vencedoras. Os times são formados por mulheres que venceram a luta contra o câncer de mama, encontrando no esporte um meio de superação e empoderamento.


O evento já ocorreu em Brasília, recebendo mulheres de todas as regiões do Brasil e de mais seis países: Panamá, Canadá, Argentina, Chile, Estados Unidos e Colômbia. Inclusive, a prática do esporte foi incentivada no combate ao câncer de mama.

Mais que competição: conheça o Dragon Boat

Tradicional da China, o Dragon Boat é uma modalidade em que até 22 mulheres remam, em sincronia, para conduzir o mesmo barco. Tais embarcações têm 12,4 metros de comprimento, 1,16 m de largura e podeo alcançar uma velocidade média de 22km/h.

Foto: Ibrachina/ Divulgação

No entanto, o propósito do evento vai muito além de um competição entre barcos. A ideia do Dragon Boat Festival, que estreia em São Paulo, é promover a atividade física para prevenir o aumento dos números de câncer e combater o tabagismo, o sedentarismo e a obesidade — fatores de risco para a doença.

Foto: @cbcspoficial/ Reprodução

Acima de tudo, o evento busca conscientizar sempre o bem-estar físico e emocional das mulheres, possibilitando momentos de lazer e troca de experiências. No esporte, elas encontraram um meio de se manterem saudáveis, bem como incentivam outras mulheres — com câncer de mama ou não — a remar na mesma direção.

 

Para conferir a programação completa do Dragon Boat Festival, confira o site oficial.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Armatti Yachts vai exibir três lanchas no Marina Itajaí Boat Show 2024

    Modelos de 30, 37 e 42 pés marcarão presença no evento, que acontece de 4 a 7 de julho

    Por que a tocha olímpica não apaga debaixo d’água? Entenda

    Tradicional revezamento que antecede os Jogos contou com trecho submerso na França, a 20m de profundidade no Mediterrâneo

    Enorme submarino de guerra surge em Santos, no litoral de São Paulo

    Embarcação da Marinha, o Tikuna - S34 chamou a atenção ao atracar com tripulantes sobre o casco

    Quase 1.500 anos: cientistas identificam a planta marinha mais antiga do mundo

    Espécie de alga marinha surgiu no Mar Báltico no período das Invasões Bárbaras, de 375 d.C. a 700 d.C

    Copa Mitsubishi de Vela: 2ª etapa termina com premiação e domingo sem ventos

    Participantes disputaram regatas no sábado, mas premiação aconteceu no dia seguinte sem novas competições