Seakeeper compra nova instalação nos EUA para garantir fornecimento em plena expansão de demanda

19/11/2021

A Seakeeper, fabricante de estabilizadores giroscópicos para embarcações de esporte e lazer, adquiriu uma instalação em Leesport, Pemsilvânia (nordeste dos EUA), para apoiar seu crescimento de vendas.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

A área abrigará as principais operações de fabricação e engenharia da Seakeeper e tem mais de 23 mil metros quadrados.

A compra ocorreu em novembro de 2020 e foi resultado de uma busca que permitisse à empresa manter sua força de trabalho atual de mais de 150 pessoas de sua equipe global na sede da Pensilvânia. O novo local fica a 24 km da fábrica atual na cidade de Mohnton, o que é excelente para os funcionários e para a logística da empresa.

Atualmente, a Seakeeper está localizada em vários edifícios que tornam difícil acompanhar o crescimento. Agora todos estarão no mesmo local, trabalhando de forma mais agregada e eficiente, segundo a direção da empresa.

Leia também

» A saga de Lars Grael em 40 anos de desafios na Regata Santos-Rio

» Scheidt vence o Sul-Americano de Star e conquista 182º título da carreira

» Canoísta santista garante vaga para Mundial em disputa no Ceará

Após adquirir sua sede atual em 2011, a empresa expandiu a propriedade em seis edifícios. À medida que a empresa crescia, o espaço limitado de vários prédios tornava difícil atender à demanda. A mudança para o novo local eliminará essas complicações e aumentará a capacidade de produção e eficiência.

No fechamento do ano fiscal de 2021 (nos EUA ocorre em setembro), a Seakeeper disse que a produção aumentará mais de 80% a cada ano. Com a capacidade agregada e o crescimento geral em toda a empresa, a Seakeeper aumentou seu quadro de funcionários em mais de 77% neste ano, com mais de 80 desses novos cargos baseados na sede da empresa. Mais de 60% da equipe global da empresa está localizada na Pensilvânia e a Seakeeper está planejando adicionar outros 40 funcionários em 2022. A empresa agora fabrica produtos para barcos que variam de 23 pés (7 m) a mais de 200 pés (60,9 m).

Você quer ver sua marca dentro das plataformas NÁUTICA? Saiba como anunciar!

“A compra deste edifício é uma boa notícia para muitos de nós”, disse o presidente e CEO da Seakeeper, Andrew Semprevivo. “É bom para nossa equipe em crescimento e é um dos muitos indicadores do sucesso de nosso produto e da saúde da indústria naval.”

NÁUTICA foi pro mar e testou e tirou todas as dúvidas sobre o uso, instalação, custo e funcionamento do sistema. Em breve em nosso canal no Youtube.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa

    Casal constrói casa flutuante e revela prós e contras de morar em lago

    Dupla americana economizou nos custos da construção por ficar responsável pela maior parte do trabalho