Superiate alemão Polar Star faz passagem pelas águas do Rio de Janeiro

Com mais de 60 metros de comprimento, a autonomia do superiate da Lürssen pode chegar às seis mil milhas náuticas

03/11/2022

Uma das maiores embarcações do estaleiro alemão Lürssen, o superiate Polar Star está em águas cariocas, com o apoio logístico da BYS International.

 

Até o final desta semana, a embarcação de 63 metros de comprimento estará no Rio de Janeiro.

O Polar Star pode receber até 12 passageiros e mais 17 tripulantes, incluindo o capitão. Sua estrutura é toda feita de aço, com dois motores Caterpillar de 12 cilindros.

O Polar Star no Rio de Janeiro

Projetado para fazer viagens longas, a autonomia do superiate pode chegar às seis mil milhas náuticas, o que permite menos paradas na navegação — a efeito de comparação, uma travessia do Atlântico da Cidade do Cabo à Ilhabela percorre 4 mil milhas náuticas.

 

Entregue em 2005, a embarcação ainda têm sistemas que permitem uma navegação tranquila em regiões muito frias, como os polos.

O design interior original, projetado por Pauline Nunns, remetia a uma mistura das casas rústicas com a sofisticação de um iate, mas passou por uma extensa reforma em 2017, para criar um ambiente mais moderno e de inspiração oceânica.

 

Grandes áreas ao ar livre para entretenimento e relaxamento completam os atrativos da embarcação.

 

A BYS International está coordenando toda a logística para o Polar navegar em águas sul-americanas, como burocracia imigratória, aduaneira, autorizações para navegar, abastecimento, troca de tripulação, receptivo em terra, excursões, compra de alimentos, peças e assessoria para contratação de prestadores de serviços locais, compra de combustível e coordenação da base de abastecimento.

*Por Felipe Yamauchi, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Submarino da Marinha dos EUA utilizado na 2ª Guerra Mundial é encontrado no mar da China

    Embarcação perdida em combate há quase 80 anos estava a 900 metros de profundidade em posição vertical

    Primeira turma de mulheres na Marinha lança livro com vivências e bastidores

    Obra dividida em quatro capítulos relembra o pioneirismo das 307 jovens que se tornaram as primeiras praças na força armada

    Bilionário planeja visita ao Titanic e chama submarino que implodiu de "engenhoca"

    Larry Connor está construindo um submersível capaz de alcançar 3,7 mil metros de profundidade

    Novo aquário da China promete animais marinhos em ambiente de sonho

    Espaço de 140 mil m² prevê receber 3,5 milhões de pessoas por ano a partir de 2027, quando inaugurar

    Teste Solara 380 Bowrider: lancha encanta com amplos espaços e boa navegabilidade

    Muito agradável para uso externo, a nova embarcação tem aberturas laterais na popa, solário triplo e cockpit espaçoso