Testamos o sistema Joystick Driving, que substitui o timão a bordo

13/08/2018

Para quem se liga em novidades, a Schaefer 580, apresentada no Rio Boat Show, em maio, não poderia ser mais excitante. A singularidade desta nova lancha está no posto de comando interno, sem timão, apenas com joystick e manetes.

Marcio Dottori durante o teste do joystick da Volvo

No caso, o Joystick Driving, da Volvo Penta, que permite ao piloto comandar o barco em todas as velocidades, e com precisão, como se houvesse um timão, e não simplesmente nas manobras de atracação e ancoragem, por exemplo. E tudo isso com movimentos suaves, de uma só mão — na verdade, bastam as pontas dos dedos! Segundo a Volvo Penta, trata-se do primeiro barco de lazer do mundo comandado exclusivamente por esse revolucionário recurso de navegação, que não elimina por completo os manetes do acelerador, apenas o timão.

Uma das vantagens de se trocar o timão convencional por um Joystick Driving é que o painel fica muito mais clean

Na verdade, a Schaefer 580 ainda tem um timão convencional, do tipo roda de leme, mas apenas no posto de comando do flybridge. “A intenção é oferecer ao piloto a sensação de conforto e liberdade, mas sem descuidar da segurança, mesmo em condições de vento ou corrente forte”, explica Marcio Schaefer, projetista desta 58 pés. Os felizardos que tiveram o privilégio de testar essa novidade sabem o que isso significa. É uma verdadeira mão na roda para os donos de barcos, embora, no caso, não haja roda alguma — só o saliente joystick, que lembra o dos videogames, nos quais foram inspirados, até no formato e tamanho.

LEIA TAMBÉM

>> 62 pés da Schaefer Yachts é um dos destaques do Ilhabela Boutique Boat Show
>> Embarcação de 40 pés da Schaefer Yachts chega a Nova Iorque

Para isso, é necessário que a lancha tenha dois motores de centro-rabeta. Podem ser IPS ou com eixos. Funciona também com propulsão convencional, com eixo tipo pé-de-galinha. Além disso, é obrigatória a instalação do Glass Cockpit System, que integra os motores, como ajuste automático de velocidade e posicionamento dinâmico da lancha por meio de gps e piloto automático.

Quando a navegação por joystick está ativada, o piloto automático é ativado simultaneamente. Para fazer ajustes no curso, é fácil: basta efetuar um leve movimento de curva com o joystick. Quando o joystick é liberado, o piloto automático volta a ser ativado e mantém o curso à frente. Ou seja, se o comandante girar totalmente o joystick, ele vai girando o barco, como se girasse o timão. Quando o comandante solta o joystick, ele põe o barco automaticamente no rumo.

“A intenção é oferecer ao piloto a sensação de conforto e liberdade, mas sem descuidar da segurança, mesmo em condições de vento ou corrente fortes”, explica Marcio Schaefer, projetista desta 58 pés

Outra vantagem de se trocar o timão convencional por um Joystick Driving é que o painel fica muito mais clean. A leitura dos instrumentos de navegação e dos motores também melhora, sem o timão à frente encobrindo a visão. Sem contar a facilidade de manobra. Sim, o sistema também tem alguns recursos de manobra, como os joysticks convencionais. É possível manobrar devagar, guinando o barco de grau em grau, ou dar uma guinada de 10 graus. É possível também manter o barco fazendo a curva, virando o joystick para o lado desejado. Ou ainda “deitar” o joystick, o que se justificaria numa manobra de emergência (se um tronco surgir na proa, por exemplo). Nesse caso, o sistema entende que é necessário uma resposta mais rápida durante a navegação, e obedece.

É possível manobrar devagar, guinando o barco de grau em grau, ou dar uma guinada de 10 graus. É possível também manter o barco fazendo a curva, virando o joystick para o lado desejado

Os novos motores IPS de 800 para cima já vêm com Joystick Driving como item de série, além do joystick para manobras, que permite proezas como girar o barco totalmente de lado, feito um helicóptero, ou fazê-lo girar em torno do próprio eixo, como um pião. Nunca foi tão fácil pilotar um barco.

Acompanhe no vídeo abaixo ou no canal no YouTube. Curta, comente e compartilhe.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina

    Fountaine Pajot leva catamarã de 16 metros ao Rio Boat Show 2024

    Aura 51 é o maior catamarã a vela sem flybridge do estaleiro francês e estará no evento náutico de 28 de abril a 5 de maio

    No NÁUTICA Talks, Elio Crapun palestra sobre revolução dos hidrofólios nas embarcações

    Velejador abordará detalhes sobre realidade e avanços de barcos que navegam sobre fólios durante o Rio Boat Show 2024

    Casarini Boats levará mistura de bote com jet ao Rio Boat Show 2024

    Embarcação inovadora será um dos destaques do evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    No NÁUTICA Talks, Paula Vianna mergulha nos desafios da fotografia subaquática

    Vencedora de concursos internacionais, fotógrafa é presença confirmada no Rio Boat Show 2024