União Europeia recua de aumentos de tarifas para barcos feitos nos Estados Unidos e importação de motores

Por: Redação -
17/05/2021

Uma escalada de tarifas entre a União Européia e os Estados Unidos foi evitada com um anúncio conjunto de que aumentos tarifários planejados pela UE que deveriam dobrar a tarifa retaliatória sobre barcos e motores de fabricação americana de 25% para 50% em 1° de junho não ocorrerá agora. A tarifa ficará em 25%.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Implementada pela primeira vez em 2018 em resposta às tarifas da administração Trump sobre as importações de aço e alumínio, a tarifa levou a uma queda acentuada nas exportações desses produtos nos Estados Unidos e praticamente encerraria as vendas aos consumidores europeus se dobrasse.

A tarifa também prejudicou negociantes e distribuidores europeus que importavam marcas americanas, com um impacto estimado de cerca de US$ 400 milhões em vendas perdidas para parceiros comerciais em ambos os lados do Atlântico.

Assim, a UE tenciona suspender temporariamente a aplicação do aumento automático das suas medidas de reequilíbrio previstas para entrar em vigor a 1º de junho de 2021. A UE e os EUA vão iniciar negociações para encontrar soluções para este litígio, acabar com a imposição de tarifas e para enfrentar o excesso de capacidade global antes do final do ano.

Leia também

» Yamaha apresenta novo filtro decantador de água. Confira a novidade

» O “Mad Max” dos mares: confira o projeto idealizado por designer britânico

» Teste Tethys 54 Fly: uma nova lancha de 54 pés que surpreende

“Gostaríamos de parabenizar a Comissão Europeia e a Administração dos Estados Unidos por chegarem a este acordo”, disse Philip Easthill, secretário-geral da EBI em Bruxelas.

“A EBI apoia fortemente o plano da UE e dos EUA de continuar as negociações e remover as barreiras existentes até o final do ano. Nossa estreita interação com as instituições da UE, o trabalho da NMMA com a administração dos EUA e do ICOMIA em nível global nos últimos anos e meses foi fundamental”.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Ilhabela deve ganhar 1ª usina de dessalinização de água de São Paulo em 2026

    Projeto prevê aumento de 22% no volume de água tratada no município, atendendo mais de 8 mil pessoas

    Descanso sobre as águas: hospedagem em barcos atracados é opção de lazer no litoral brasileiro

    Ideia dispensa a necessidade de carteira náutica e traz valores acessíveis para uma experiência pra lá de diferente

    Falkirk Wheel: conheça o elevador gigante para barcos que virou ponto turístico

    Construção na Escócia foi feita para driblar desnivelamento maior que um prédio de dez andares

    Ações de despoluição na Baía de Guanabara fazem vida marinha voltar às águas

    Expedições comandadas pelo Instituto Mar Urbano observaram mais animais na região e melhor qualidade da água

    Boat Show traz descontos exclusivos para hospedagem em Itajaí; conheça opções

    Parceria com dois hotéis garante conforto e condições especiais para visitantes do salão, que acontece de 4 a 7 de julho