Paraguai analisa funcionamento do primeiro cassino flutuante da América Latina

Por: Redação -
16/03/2021
Foto: Reprodução/La Clave

A proposta de um cassino flutuante foi apresentada pelo empresário Santiago Lucenti, em nome da Empresa de Turismo Comercial, ao ministro das Relações Exteriores do Paraguai, Euclides Acevedo.

 

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

 

O empresário busca atracar o navio na margem paraguaia do rio Paraná, não muito longe da segunda ponte, na região das três fronteiras, em Presidente Franco. Atualmente, o barco está atracado no Rio Iguaçu, na cidade de Puerto Iguazú, Misiones (Argentina), segundo informações do jornal paraguaio La Clave.

 

A proposta exigirá um investimento de US$ 60 milhões em um período aproximado de sete meses, desde que seja obtida autorização do Governo do Paraguai e das diferentes instâncias que regulamentam esse tipo de projetos no país.

 

Leia também

» MCP Yachts revela o Global Exp 68, seu primeiro veleiro, que acaba de ir para a água

» Marca do grupo italiano Azimut aumenta investimentos em iates de baixa emissão de carbonos

» Estúdio Italiano cria barco com casco inovador em prol da acessibilidade

 

Seria o primeiro cassino do gênero no Paraguai e na América Latina, segundo o La Clave. A princípio, a ideia era realizar o projeto na cidade de Puerto Iguazú, mas a burocracia interna do país fez com que os investidores desistissem dela.

 

A proposta se arrasta desde 2013, ano em que o navio-museu “Nicolás Mihanovich” chegou à cidade Puerto Iguazú. O navio serviu na rota Buenos Aires-Colônia (Uruguai), depois se tornou um museu flutuante e, finalmente, foi transformado em um hotel em um estaleiro portenho.

 

Com oito conveses, a embarcação conta com 52 camarotes cinco estrelas, piscina, solário e academia, salas de eventos e teatro, além de quatro salas de jogos, com caça-níqueis de última geração.

 

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Catamarã elétrico de startup vence concurso e fará parte da autoridade marítima de Singapura

    Embarcação participa do projeto singapurense que pretende acabar com emissões portuárias até 2050

    Casas flutuantes em alta: conheça as mais luxuosas do mundo

    Inspire-se com cinco modelos das moradias sobre as águas que estão fazendo a cabeça dos milionários

    Com dois barcos de 19 pés, Ross Mariner mostra lançamento no Rio Boat Show 2024

    Boas opções de entrada, embarcações estarão no salão, de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    NÁUTICA Talks recebe Marina Bidoia, mais jovem velejadora a concluir a Refeno

    Velejadora realizou o trajeto Recife-Fernando de Noronha aos 24 anos, e vai levar experiência ao Rio Boat Show 2024

    Posto flutuante da rede Golfinho estará no Rio Boat Show 2024

    Loja de conveniência batizada de WayPoint também será apresentada de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória