Paraguai analisa funcionamento do primeiro cassino flutuante da América Latina

Por: Redação -
16/03/2021
Foto: Reprodução/La Clave

A proposta de um cassino flutuante foi apresentada pelo empresário Santiago Lucenti, em nome da Empresa de Turismo Comercial, ao ministro das Relações Exteriores do Paraguai, Euclides Acevedo.

 

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

 

O empresário busca atracar o navio na margem paraguaia do rio Paraná, não muito longe da segunda ponte, na região das três fronteiras, em Presidente Franco. Atualmente, o barco está atracado no Rio Iguaçu, na cidade de Puerto Iguazú, Misiones (Argentina), segundo informações do jornal paraguaio La Clave.

 

A proposta exigirá um investimento de US$ 60 milhões em um período aproximado de sete meses, desde que seja obtida autorização do Governo do Paraguai e das diferentes instâncias que regulamentam esse tipo de projetos no país.

 

Leia também

» MCP Yachts revela o Global Exp 68, seu primeiro veleiro, que acaba de ir para a água

» Marca do grupo italiano Azimut aumenta investimentos em iates de baixa emissão de carbonos

» Estúdio Italiano cria barco com casco inovador em prol da acessibilidade

 

Seria o primeiro cassino do gênero no Paraguai e na América Latina, segundo o La Clave. A princípio, a ideia era realizar o projeto na cidade de Puerto Iguazú, mas a burocracia interna do país fez com que os investidores desistissem dela.

 

A proposta se arrasta desde 2013, ano em que o navio-museu “Nicolás Mihanovich” chegou à cidade Puerto Iguazú. O navio serviu na rota Buenos Aires-Colônia (Uruguai), depois se tornou um museu flutuante e, finalmente, foi transformado em um hotel em um estaleiro portenho.

 

Com oito conveses, a embarcação conta com 52 camarotes cinco estrelas, piscina, solário e academia, salas de eventos e teatro, além de quatro salas de jogos, com caça-níqueis de última geração.

 

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda

    Adolescente para lancha desgovernada e impede acidente em lago nos EUA

    Imagens gravadas por quem estava no local mostram jovem de 17 anos saltando de um jet em direção ao barco que rodopiava sem condutor

    Público do Brasília Boat Show tem desconto exclusivo em hotéis parceiros; saiba como funciona

    Visitantes do evento náutico, que atraca pela primeira vez no Lago Paranoá, poderão desfrutar de condições especiais no momento da reserva

    Navio de pesquisa de 1962 é capaz de “ficar de pé” no mar; assista em ação

    Quando na vertical, paredes internas viram pisos e móveis são adaptados para a nova posição

    Na dúvida de qual jet comprar? Confira modelos da Sea-Doo para cada necessidade

    Empresa conta com opções que atendem desde iniciantes no universo náutico até apaixonados por velocidade ou pesca