Cientistas desenvolvem micróbio transgênico que come plástico jogado no mar

Por: Redação -
27/05/2019

Cientistas descobriram que micróbios marinhos microscópicos estão corroendo o plástico, fazendo com que o lixo se decomponha lentamente. Para conduzir o estudo, os pesquisadores coletaram plástico desgastado de duas praias diferentes em Chania, na Grécia. As peças eram de polietileno, o plástico mais popular e o encontrado em produtos como sacolas de compras e frascos de xampu, ou poliestireno, o plástico rígido encontrado em embalagens de alimentos e eletrônicos. O trabalho reuniu sete cientistas da Grécia, da Suíça, da China, da Itália e dos Emirados Árabes.

Os restos de plástico já tinham sido expostos ao sol e passado por mudanças químicas que fizeram com que se tornassem quebradiços. Tudo isso precisa acontecer antes que os micróbios comecem a “mastigar”.

LEIA TAMBÉM
>>Solara é uma das empresas confirmadas para o próximo São Paulo Boat Show
>>São Paulo Boat Show contará com embarcações da Armatti Yachts
>>São Paulo Boat Show 2019 é lançado na capital. Veja fotos

A equipe usou duas amostras micróbios: parte deles eram naturais, que já são encontrados nos oceanos; a outra parte eram projetados em laboratório, foram aprimorados com partes de micróbios comedores de carbono. Esse segundo tipo pode sobreviver se alimentando apenas do carbono presente nos pedaços de plástico. Os cientistas então analisaram as mudanças nos materiais ao longo de um período de 5 meses.

Ambos os tipos de plástico perderam uma quantidade significativa de peso depois de serem expostos tanto aos micróbios naturais quanto aos projetados. Os micróbios fizeram com que o peso do polietileno diminuísse em 7% e o peso do poliestireno diminuísse em 11%.

Essas descobertas podem oferecer uma nova estratégia para ajudar a combater a poluição dos oceanos: implantar micróbios marinhos para devorar o lixo. No entanto, os pesquisadores ainda precisam medir a eficácia desses micróbios em escala global.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Saiba como seu barco pode ajudar moradores do Rio Grande do Sul

    Grupo Náutica uniu forças com a CUFA para apoiar o estado atingido por enchentes; instituição busca pequenos barcos para o transporte de doações

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada