Com quase 20 mil pessoas atendidas, Projeto Grael completa 25 anos

Instituição foi fundada pelos medalhistas olímpicos Lars Grael, Torben Grael e Marcelo Ferreira

18/08/2023
Foto: Divulgação/ Projeto Grael

Uma das principais referências no Brasil de formação de atletas, profissionais e cidadãos, o Projeto Grael completa 25 anos nesta sexta-feira (18). Criado por três medalhistas olímpicos – Lars Grael, Torben Grael e Marcelo Ferreira – o instituto é um dos projetos sociais ligado a esportes mais antigos do país.

Fundado em 1998, a ONG atende de maneira gratuita crianças e jovens entre 9 e 29 anos, com esportes como natação, canoagem e vela. O projeto também ensina Esporte Educacional e Formação Ambiental, além de oferecer aulas náuticas especializadas, como capotaria e mecânica de motor de popa.

Foto: Divulgação/ Projeto Grael

O Projeto Grael disponibiliza biblioteca, aulas de inclusão digital e educação ambiental para todos os alunos. Vale destacar, que as crianças do instituto também recebem aulas de marcenaria.

Projeto Grael mudando vidas

Com sede em Niterói, no Rio de Janeiro, contando com mais de 3.300m² de terreno e um prédio principal de 660 m², em Jurujuba, o Projeto Grael é responsável por atender quase 20 mil alunos e inserir 1.500 pessoas inseridas no mercado de trabalho.

Foto: Divulgação/ Projeto Grael

Inclusive, ao longo dos 25 anos de atividades sociais, os dados da entidade indicam que o trabalho resultou em 52% dos alunos inseridos no mercado de trabalho. Além disso, 80% dos beneficiários reconheceram que o instituto promoveu sua cidadania.



Segundo os mesmos dados, o projeto social fez com que 77% dos alunos se sensibilizassem em preservação ambiental e que 91,4% acreditassem que os valores náuticos desenvolveram habilidades sócio emocionais para as suas vidas.

Somos literalmente uma fábrica de realização de sonhos através do esporte a vela, produzindo cidadania e profissionalização com qualidade ao longo dos últimos 25 anos – Jônatas Gonçalves, presidente do Projeto Grael

Geralmente, as inscrições para o projeto abrem semestralmente, nos meses de janeiro e junho. As datas são publicadas nas redes sociais do instituto, pelo @projetograel.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países

    Em fase final de testes, Aquabus de Ilhabela transportaram 1,5 mil pessoas no fim de semana

    Novo sistema de transporte aquaviário contará com três catamarãs e capacidade para 60 pessoas em cada viagem; data de inauguração ainda não foi divulgada

    Italiana Rossinavi lança catamarã híbrido-elétrico de 43 metros

    Modelo nasce como “projeto mais inovador” do estaleiro, com tecnologias sustentáveis e até uso de Inteligência Artificial

    Schaefer Yachts anuncia barco que não afunda, ideal para resgates em alto-mar

    Com o nome de Interceptor 48 Pilot, novidade é fruto de parceria com a empresa irlandesa Safehaven Marine