Dia Mundial da Água: conheça 7 lugares no Brasil para curtir passeios aquáticos

Navegação, mergulho e mais! Confira opções diversas em destinos brasileiros onde a água é protagonista

22/03/2023

Donos de iates, velejadores, mergulhadores e quem curte uma festa na lancha podem ter perfis diferentes, mas há algo que une essas tribos: a paixão pela água. Há exatos 30 anos, em 1993, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) declarou que o dia 22 de março passaria a ser o Dia Mundial da Água.

Desde então, a data visa apoiar o combate à crise hídrica global através de ações de conscientização para indivíduos e organizações públicas e privadas. Afinal, todo admirador do mundo náutico concorda que, seja doce ou salgada, ela é o bem mais precioso do nosso planeta.

 

Com o intuito de inspirar você no Dia Mundial da Água, NÁUTICA reuniu uma lista de lugares incríveis do Brasil com opções para diversas atividades em que a água é a protagonista. Confira a seguir!

Mergulho em Petrolândia – PE

Para quem gosta de mergulho, a cidade de Petrolândia, em Pernambuco, é uma opção muito especial. Inundada em 1988, quando foi construída a Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga, a cidade ganhou um dos mais exóticos locais de mergulho no Brasil, sob as águas do Rio São Francisco.

Um dos pontos mais atrativos da região, e que guarda muitas surpresas, é a Igreja do Sagrado Coração de Jesus. Parte da construção fica submersa e o topo sempre visível, acima da água, formando um cenário belo e muito curioso.

Vela e mergulho em Ilhabela – SP

Uma das maiores ilhas marítimas do Brasil, Ilhabela (SP) é conhecida como Capital da Vela e conquista velejadores por causa de seus ventos constantes e generosos. Já os mergulhadores se deliciam num mar de águas cor de esmeralda, que ainda escondem muitos naufrágios.

Some ainda na conta de Ilhabela centenas de cachoeiras e mais de 50 praias, algumas acessíveis apenas de barco. Quando você cansar das águas, a cidade ainda tem a oferecer uma vila charmosa e restaurantes disputados.

Passeio de jet no Lago Paranoá – DF

Formado pelas águas represadas do Rio Paranoá, o Lago Paranoá proporciona lazer para moradores e turistas, sendo uma ótima opção para um passeio de moto aquática. A área conta com 48 quilômetros quadrados e 38 metros de profundidade.

Além dos jets, é possível alugar uma embarcação com marinheiro para conhecer melhor cada ponto do imenso lago.

Passeio nos cânions do rio São Francisco – SE

O município de Canindé de São Francisco, em Sergipe, abriga corredores estreitos de rochas talhadas, que surgiram na época da construção da barragem da Hidrelétrica de Xingó. A obra deu origem às águas represadas do Cânion do Xingó, que conta com 65 km de extensão e profundidade média de 150 metros.

Quem navega pelas águas no trecho do lago de Xingó tem o privilégio de ver as belezas da região, como os gigantescos paredões de pedra. Do píer do restaurante Karrancas saem embarcações rumo ao Velho Chico, um dos melhores passeios de barco na região.

Rafting no Rio Juquiá em Juquitiba – SP

O nome Juquitiba significa “terra de muitas águas”, em tupi-guarani. Não é para menos: a cidade se destaca pelos esportes aquáticos, dentre eles – e principalmente – o rafting no Rio Juquiá. A cidade engloba o Parque Estadual da Serra do Mar, maior parque estadual paulista, com trechos de Mata Atlântica.

Foto: Divulgação / Canoar

Quem for até Juquitiba poderá ter a experiência de descer o Rio Juquiá em um bote inflável, sempre conduzido por um instrutor, responsável por orientar o grupo durante o percurso, que conta com trechos de adrenalina em corredeiras. De acordo com as condições do rio, outras atividades podem ser feitas, como surf, virada de bote, natação e saltos.

Kitesurf em Cumbuco – CE

Muito comum nesta região do Nordeste, o kitesurf tem em Cumbuco um excelente point para quem quer curtir este esporte. Além da praia abrigar mar e vento perfeitos para a prática, o local também apresenta boas condições meteorológicas durante o ano todo.

Cumbuco também é a melhor região para os iniciantes em kitesurf se aventurarem, uma vez que o vento forte se dá pela falta de obstáculos naturais na localidade.

Snorkeling em Paraty – RJ

Considerada a capital do mergulho brasileiro, Paraty conta com águas cristalinas e tranquilas para mergulhar. A Ilha dos Cocos é conhecida na região por abrigar pontos ideais para a prática, mas este é apenas um dos muitos lugares disponíveis para você desfrutar sob as águas.

Com sua tonalidade verde esmeralda, o mar de Paraty esbanja beleza e é o melhor convite para o mergulho. Na região, os mergulhadores ainda têm a chance de ter a companhia de peixes de variadas espécies, cercando (e embelezando ainda mais) o belo cenário submerso.

Tema do Dia Mundial da Água 2023

Neste ano, a ONU definiu o tema “Acelerando Mudanças – Seja a mudança que você deseja ver no Mundo” para os debates das questões que envolvem o uso da água. Para isso, a organização utilizou a fábula do beija-flor, que, na história, apaga o incêndio carregando gotas de água em seu bico.

 

Protagonista na preservação ambiental, há mais de 20 anos NÁUTICA mantém também uma campanha nacional em defesa das águas. “Só jogue na água o que o peixe pode comer”, diz a mensagem, com um peixinho criado pelo cartunista Ziraldo, para conscientizar a importância do cuidado com o meio ambiente.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 99

    Evento se destacou por trazer inovações que foram além dos barcos para 51 mil visitantes

    Rio Boat Show 2024 será palco para estreia da Schaefer V44 em águas brasileiras

    Lançamento walk around da Schaefer Yachts estará nas águas da Marina da Glória, de 28 de abril a 5 de maio

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta