Regatta Yachts, representante da Sessa Marine, dá dicas para ajudar na escolha de marina para seu barco

Por: Redação -
19/02/2021

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Diversos aspectos devem ser levados em consideração para que você tenha maior tranquilidade ao contratar esse tipo de serviço. A localização é um fator importante, mas não deve ser decisivo. Vale a pena pesquisar e reservar um tempo para visitar alguns locais antes de decidir a marina ou o clube em que seu barco irá ficar.

Leia também

» Famoso naufrágio da Croácia fica a 40 metros de profundidade no Mar Adriático

» Depois de 11 horas no mar, náufrago é resgatado por Leonardo DiCaprio

» Conheça a família que tem passado a quarentena em um Carver Voyager de 57 pés

Confira:

  • Verifique se o local comporta o porte do seu barco, considerando o peso e espaço de manobra. Fique atento ao tamanho da vaga e profundidade;

  • Avalie a logística do local, além dos serviços de transporte, considere o perfil da sua embarcação. Veja se o espaço oferece suporte com guinchos, tratores, travel lift, guindastes e empilhadeiras. Algumas marinas já oferecem o serviço de “prateleiras” para guarda da sua embarcação no seco;

  • Escolha um local que ofereça segurança em todos os aspectos, como controle de entrada e saída de pessoas, equipamentos de prevenção de incêndio e se possui apólice de seguro adequada à operação que realiza;

  • Observe a infraestrutura, se dispõe de estacionamento seguro e facilidades como: posto de abastecimento de combustível, serviços de limpeza da embarcação, bote de resgate e marinheiros de apoio;

  • Estruturas recreativas também são um bom diferencial, alguns locais já possuem área de lazer, loja de conveniências, restaurantes, locais para esportes e vestiários;

  • Referente à Legislação e Meio Ambiente, confirme se o local de seu interesse possui a licença exigida pelo órgão oficial da região e se está de acordo com todas as normas de funcionamento.

Wilner Forini, Consultor Comercial na Regatta Yachts, destaca também a importância de escolher um local que ofereça uma estrutura adequada para execução de serviços. “É interessante priorizar uma localização que disponibilize uma boa rede de serviços por perto, com mecânicos autorizados ou técnicos independentes que prestam serviço no local, agilizando no caso da necessidade de algum atendimento”.

Outro fator que deve ser considerado na opinião do Diretor Comercial da MR Boats Marcelo Bezzi são as facilidades do dia-a-dia. “Verifique como é oferecido o serviço de energia elétrica, o acesso para carregamento das baterias, o fornecimento de água doce… A estrutura de subida e descida do barco também deve ser bem avaliada, analise os equipamentos de movimentação que eles possuem e converse com o seu consultor comercial para saber os detalhes e os cuidados que devem ter no manuseio da sua embarcação”.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda