Morre Gilles Pellé, presidente da Metalu França

Na empresa desde 1991, Gilles participou diretamente do crescimento da Metalu na França e no mercado internacional

12/12/2023
Gilles Pellé era presidente da Metalu França desde 1991. Foto: LinkedIn Metalu / Reprodução

Presidente da Metalu França, Gilles Pellé morreu no último sábado (9), aos 64 anos em sua casa, na França, vítima de câncer. A empresa informou o falecimento do executivo em um comunicado publicado no LinkedIn. “Nossos pensamentos hoje estão com sua esposa Sophie, seu filho Arthur e sua família”, diz o post na rede social.

Gilles Pellé comandou a empresa por quase 30 anos. Sua trajetória na Metalu começou em 1991 e ele assumiu como CEO em 1995. Por lá, ele exerceu o papel de “arquiteto” do crescimento da Metalu, tanto na França quanto no mercado internacional. Isso porque, antes de sua chegada, a empresa — fundada em 1974 — ainda engatinhava na exportação de seus píeres e passarelas.

 

“Há 12 anos, Gilles Pellé veio para o Brasil e se encantou pelo país e por nossa vocação náutica”, relembra Ernani Paciornik, presidente do Grupo Náutica. Foi Gilles quem — em parceria com Ernani — ajudou na implementação da Metalu Brasil, que hoje é a maior empresa de infraestrutura náutica em alumínio do país.

Sua dedicação e profissionalismo serão sempre lembrados– lamentou o presidente do Grupo Náutica

Gilles e seu filho, Arthur. Foto: Instagram @arthur__pelle / Reprodução

Outros admiradores do trabalho de Gilles Pellé prestaram suas condolências ao francês na publicação da Metalu. “Um homem adorável que fará muita falta”, “Gestor de negócios com o coração” e “Seus 30 anos de liderança marcaram o crescimento da empresa na França e internacionalmente” foram alguns dos comentários.

 

O adeus a Gilles acontecerá em uma cerimônia religiosa na sexta-feira, 15 de dezembro, às 14h30, na igreja de Saint-Joseph em La Trinité-sur-Mer, na França. No lugar de flores, a família do já saudoso presidente pediu contribuições para a pesquisa do câncer.


No Brasil desde 2012, a Metalu é responsável pelos projetos de píeres, passarelas e estruturas flutuantes do Rio Boat Show, da regata Transat Jacques Vabre, de 80% das instalações da Lagoa Rodrigo de Freitas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, das passarelas do São Paulo Expo, da requalificação de estruturas náuticas da Baía de Todos os Santos, da implantação do parque linear da margem oeste do Rio Pinheiros, além de mais de 2 mil metros lineares de píeres em diversas marinas, iates clubes, residências e condomínios.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Casal troca apartamento para viver em veleiro com seis gatos

    Embora a rotina de manutenção do catamarã seja dura e exigente, Aline e José garante que vale a pena

    Novo submarino Tonelero será lançado ao mar no fim de março, no Rio de Janeiro

    Gigante equipamento militar equivale o peso de 234 carros populares e tem 71,6 metros de comprimento

    Carga bilionária: Colômbia vai extrair tesouros do "Santo Graal dos Naufrágios"

    Embarcação espanhola que naufragou em 1708 levou US$ 20 bilhões para o fundo do mar

    Recém-lançado, Neuboat Dock Raymarine é novidade da Marine Express

    Semelhante a uma câmera de ré, o Neuboat Dock é capaz de mapear o ambiente e trazer imagens 360º ao piloto

    Venda de ingressos para o Rio Boat Show 2024 é aberta; garanta o seu

    Evento conhecido por reunir o melhor do lifestyle náutico acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória